PSB exige reciprocidade em apoio e manda recado para o PMDB

Do Mais PB “A política é uma via de mão dupla. Não há como o PSB sair dando apoio sem que também seja apoiado”. Esse foi o tom dado pel...

Do Mais PB

“A política é uma via de mão dupla. Não há como o PSB sair dando apoio sem que também seja apoiado”. Esse foi o tom dado pelo presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, ao comentar a política de alianças que será adotada pela legenda nas eleições deste ano.

De acordo com Edvaldo Rosas, o partido usará o princípio da reciprocidade para nortear as composições, principalmente nas cidades consideradas estratégicas na Paraíba.

Segundo ele, essa política de alianças vale para todos os partidos da base governista, inclusive com o PMDB, legenda com a qual o PSB encontra resistências para a composição devido à pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior à Prefeitura da Capital. “Quem quer o PSB votando tem disposição de votar no PSB?”, indagou.

Na última sexta-feira (29), durante visita do vice-presidente da República, Michel Temer, à Paraíba, o senador José Maranhão disse que o fato do PMDB ser aliado do PSB em nível estadual  não obriga o partido a ser submisso aos socialistas. “Isso não nos obriga a submissão de apoiar todos os candidatos que estão na legenda do PSB. Até porque o PMDB é um partido maior”, sustentou.
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários