Comando de airsoft realiza ‘operação Lava Jato’ em Guarabira; simulação ocorreu em engenho da cidade

  Na manhã de domingo (20), o Comando Alfa Airsof Team (C.A.A.T) realizou uma simulação batizad...

 
Na manhã de domingo (20), o Comando Alfa Airsof Team (C.A.A.T) realizou uma simulação batizada de “Operação Lava Jato” em Guarabira (PB). Tudo não passa de uma brincadeira, mas os integrantes do grupo levam muito a sério esse hobby.

No airsoft, os praticantes geralmente criam ou simulam operações militares, algumas, inclusive, baseadas em histórias reais. A missão deste domingo era de capturar “Lula”.

Veja o resumo da missão:

Missão Lava-Jato: Comprovado a culpa de “Lula” no processo lava-jato, ele se evade escondendo-se no interior do país. Com o auxílio da população e com um ótimo trabalho de investigação, a localidade do esconderijo do “Lula” foi revelada: ele estava escondido e guardado por um grande número de aliados fortemente armados na cidade de Guarabira, no engenho Maribondo. O grupo C.A.A.T, então, foi designado para auxiliar a Polícia Federal na invasão do engenho e na apreensão do ex presidente “Lula”.”

A operação teve início às 8h nas dependências do Engenho Maribondo. O grupo C.A.A.T conta com 38 participantes que formam dois grupos entre si para a execução das missões semanais.

Airsoft

Airsoft é um jogo que simula uma operação militar, como recreação, com armas de pressão – porém, semelhantes a armas de verdade – mas que atiram projéteis plásticos não letais. Além da caracterização, os jogadores usam equipamentos de segurança.

As armas são compradas legalmente e seu uso é restrito à prática do esporte, apenas. Em Guarabira os encontros são semanais - aos domingos - quando os jogadores se reúnem para melhorar a pontaria e se divertir com um esporte que é pura adrenalina. #Sociedade 


Você pode gostar também

0 comentários