"Isso pode?": Ato pro Lula termina com manifestação em frente à TV Cabo Branco; manifestantes picham parede da emissora: “mídia golpista”

Do Polêmica PB Os manifestantes que saíram às ruas do Centro de João Pessoa no sábado (06) com o objetivo de prestar solidariedade ao...

Do Polêmica PB

Os manifestantes que saíram às ruas do Centro de João Pessoa no sábado (06) com o objetivo de prestar solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fizeram uma mudança de curso no trajeto do protesto. Ao invés de terminar a caminhada iniciada no Sintel em frente ao prédio do Ministério Público Federal, no Parque Solon de Lucena (Lagoa), eles decidiram esticar o percurso um pouco mais e encerrá-lo na TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo na capital paraibana. Lá, houve discursos e palavras de ordem foram gritadas. Os muros da empresa também chegaram a ser pichados com frase como “mídia golpista” e “não vai ter golpe”. Funcionários intimidados evitaram entrar ou sair do prédio no momento do protesto.

O presidente do PT da Paraíba convocou a militância da Frente Popular de Esquerda a fazer uma vigília durante todo o dia em apoio a Lula. Segundo o dirigente partidário, o sentimento de revolta era comum aos simpatizantes da linha política do ex-presidente: “Há um motivo político dessa operação, para manchar a imagem do presidente Lula. Ele jamais se recusou a prestar qualquer depoimento. Vamos para a rua mostrar esse processo de espetacularização para criminalizar sua imagem”, disse.
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários