Manifestantes vão às ruas domingo pedindo impeachment e Frente pró Dilma terá ato dia 18

Do Click PB As manifestações de 13 de março coordenadas por organizações que defendem o impea...

Do Click PB

As manifestações de 13 de março coordenadas por organizações que defendem o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), em todo o país, neste domingo (13), estão previstas para acontecerem em três cidades da Paraíba. Em Campina Grande, com concentração a partir das 14h, na Praça da Bandeira; em João Pessoa, às 15h, no Busto do Tamandaré; e em Patos, também às 15h, na Praça do Cepa.

Já as organizações, movimentos sociais e partidos que defendem a presidente Dilma também articulam um ato, mas não será neste domingo. A Frente Brasil Popular está programando sua manifestação para acontecer no dia 18, segundo informou o PT.

Vários políticos já confirmaram presença ao lado dos manifestantes que querem a saída de Dilma, como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), os deputados federais Efraim Filho (DEM) e Benjamim Maranhão (SD).

O deputado Efraim Filho (DEM) vai participar no Busto de Tamandaré. “Estive presente nas três primeiras e estarei nessa também, ao lado dos cidadãos”, afirmou.

O senador Cássio Cunha Lima também há uma semana vem conclamando a população a ir às ruas no próximo dia 13 para manifestar sua indignação contra o governo. Ele deve participar da manifestação de João Pessoa e em seguida viajar para participar do movimento em Campina Grande. O senador defende a convocação de novas eleições como saída para a atual crise.

O mesmo entendimento tem o deputado Efraim Filho sobre a saída da presidente Dilma, seja pela via do impeachment, seja pela cassação pelo TSE, “por acreditar que o mandato dela foi conquistado como financiamento de dinheiro sujo do petrolão, conforme já está provado pelas investigações levadas adiante pelo juiz Sérgio Moro”, disse.

Para o democrata, no entanto, seria mais legítimo que o país tivesse novas eleições. Nesse caso, isso ocorreria com a cassação da presidente pelo TSE, que convocaria novas eleições em 90 dias.

Efraim Filho tem convicção de que a saída de Dilma do governo reduziria a crise, porque segundo ele “a presidente Dilma perdeu a capacidade de liderar o país, nada que ela diga, nada que ela faça recebe mais a crença da população”, afirmou.

Sábado - A presidente do grupo Direita Paraíba, Morgana Macena, informou que neste sábado (12) será realizada a Caravana da Família Paraibana, contra a ideologia de gênero. O evento será no Largo da Gameleira, no bairro de Manaíra, em João Pessoa, a partir das 15h30. A estrutura contará com trio elétrico e estão sendo esperadas as participações de líderes religiosos da Igreja Batista e da Arquidiocese da Paraíba.  
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários