"Povo “clama” por volta de Fátima à Prefeitura de Guarabira", diz Gibal

Do Fato a Fato O líder comunitário e diretor do Portal Independente, Gibal Martiliano, disse ...

Do Fato a Fato

O líder comunitário e diretor do Portal Independente, Gibal Martiliano, disse que sua filiação ao PMDB deveu-se, especialmente, ao fato de o povo de Guarabira está “clamando”, em todos os cantos da cidade, pela volta da ex-prefeita Fátima Paulino.

Entrevistado no Hora da Notícia (GBA FM) desta segunda-feira (4), Martiliano, que já foi secretário da administração do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), revelou que o nome da ex-prefeita Fátima Paulino (PMDB) tem sido unanimidade na boca do povo guarabirense, sobretudo quando se fala em sucessão municipal.

“Aonde eu tenho ido não se fala noutra coisa, senão no nome dela, inclusive como uma das únicas lideranças do PMDB que tem condições de vencer o atual gestor municipal. Por isso e outros motivos decidi aderir ao grupo do ex-governador Roberto Paulino, deixando de lado as benesses do Governo do Estado e da Prefeitura de Guarabira”, afirmou Gibal.

O diretor do Portal Independente ressaltou ter deixado a Ala Girassol por que não era ouvido, mesmo tentando por diversas vezes colaborar com ideias e sugestões. “Eles agem de forma unilateral e não escutam ninguém. Tenho certeza que aprenderam agir assim de onde vieram, ou seja, do grupo do prefeito Zenóbio Toscano”, acrescentou Gibal.

O líder comunitário do Bairro São José também disse que pode disputar uma das 15 vagas da Câmara Municipal. “Se Inaldo Júnior for candidato a vice-prefeito (espero que com Fátima), vou tentar a eleição de vereador, mas caso contrário, tenho tudo para apoiar o atual presidente da Câmara Municipal de Guarabira”, assinalou.

Ainda em relação aos girassóis, Gibal Martiliano revelou que tem postulantes ao cargo de vereador da Ala do PSB que não votam no candidato a prefeito. Ele não quis declinar o nome, mas, assegurou que suas informações são verdadeiras. “Observem como é o clima lá. Esse também foi um dos motivos de meu afastamento”, acrescentou.

Quanto ao PSDB de Guarabira, Gibal afirmou ter recebido proposta para assumir a Secretaria de Infraestrutura do município, feita pelo prefeito Zenóbio, mas preferiu não aceitá-la. “Meu estilo não permite viver ao lado de arrogantes. Prefiro caminhar com quem me escuta e tem sempre uma palavra de carinho, conforto e humildade, daí decidi está no grupo do PMDB”, concluiu Martiliano.
*** 
#Política

Você pode gostar também

0 comentários