Gilmar Mendes é eleito o novo presidente do TSE

Do Uol O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) confirmou nesta quinta-feira (7) a eleição do mini...

Do Uol

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) confirmou nesta quinta-feira (7) a eleição do ministro Gilmar Mendes como presidente do tribunal e do colega Luiz Fux como vice-presidente. Os dois, que são ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), assumem o comando da Justiça eleitoral em maio.

Em uma breve fala, Gilmar disse que o país enfrenta um momento de “tensões exacerbadas” e terá as eleições municipais “mais desafiadoras” por causa do número elevado de candidatos e com peculiaridades da nova legislação.

Essa será a primeira eleição em que empresas estão proibidas de doarem a candidatos e partidos. Gilmar tem dito que isso pode favorecer o caixa dois e que pretende deixar como marca de sua passagem no TSE maior rigor no exame das contas de campanha eleitoral.

Segundo dados do TSE, mais de 400 mil candidaturas concorrerão ao pleito municipal, quando serão disputados os cargos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em todo o país, envolvendo a análise de registro de candidaturas, disputas eleitorais e prestações de contas.

Essa será a segunda presidência de Gilmar no TSE, que chefiou a Justiça Eleitoral em 2006.

Um dos mais críticos ao governo do PT devido aos escândalos de corrupção, Gilmar também vai comandar no TSE a análise das quatro ações que pedem a cassação da presidente Dilma Rousseff e do vice, Michel Temer.

A oposição acusa Dilma e seu vice de abuso de abuso de poder econômico e político e apontam ainda suspeitas de que recursos desviados da Petrobras tenham ajudado a financiar a reeleição.
***

#Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários