Escola foi assaltada pela 4ª vez em Cabedelo e diretora não prestou queixou porque delegacia estava fechada

Do Blog do Helder Moura É visível que o atual Governo não tem a educação como prioridade. Se ...

Do Blog do Helder Moura

É visível que o atual Governo não tem a educação como prioridade. Se tivesse não teria promovido o fechamento de mais de 230 escolas em todo Estado. Agora, ainda pior é o descaso para com a segurança da rede pública de ensino, onde os alunos são mais vulneráveis à ação dos bandidos. Muitos são os relatos de assalto e violência contra alunos e funcionários em unidades de rede estadual.

O exemplo mais recente é Escola Estadual José Guedes Cavalcanti, de Cabedelo (Bairro de Camalaú) arrombada esta madruga (terça, dia 17). É a quarta ação dos bandidos, apenas este ano, contra a escola. No início do ano, os bandidos levaram todos os equipamentos de um projeto de rádio, além de eletrônicos que estavam na sala da direção.

No último final de semana, até a carne a merenda dos alunos foi levada pelos bandidos, entraram sorrateiramente quebrando os cadeados do portão principal. A diretora da escola, professora Magali Carvalho, já solicitou, por diversas vezes, à Secretaria de Educação, medidas cabíveis no sentido de providenciar vigilância e monitoramento.

Delegacia fechada – A direção também comunicou que no último sábado foi procurar a Delegacia de Polícia para prestar queixa sobre o ocorrido, mas estava fechada. Isso tem ocorrido por determinação da Secretaria de Segurança, deixando a população de Cabedelo desprovida deste serviço durante os finais de semana.
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários