Ministério Público Eleitoral vai combater caixa 2, diz procurador Marcos Queiroga

Por Aline Lins, do Click PB O procurador Regional Eleitoral Substituto, Marcos Alexandre Bez...

Por Aline Lins, do Click PB

O procurador Regional Eleitoral Substituto, Marcos Alexandre Bezerra de Queiroga, disse que o Ministério Público Eleitoral vai atuar contra o caixa 2 nas eleições de outubro deste ano.

Entre os princípios que norteiam as eleições de 2016, também estão a redução dos gastos de campanha, restrição à capacitação de recursos e maior controle na arrecadação e gastos.

"Dentre essas regras rígidas, estão algumas novidades, como a proibição de pessoas jurídicas de fazerem doação", destacou o procurador, que explica como o MPE vai detectar os gastos irregulares e elenca, ainda, as punições aos candidatos que infringirem a legislação eleitoral. 

A Resolução nº 23.463, de 15 de dezembro de 2015, dispõe sobre a arrecadação e os gastos de recursos por partidos políticos e candidatos e sobre a prestação de contas nas eleições de 2016. 

Os partidos políticos e os candidatos só poderão realizar gastos até os limites estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral. 

O valor dos limites atualizados de gastos para cada município será divulgado pela presidência do Tribunal Superior Eleitoral até 20 de julho de 2016.



***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários