Brasil, um país de poucos!!!!!

Imagem: Google Por Eliabe Castor, jornalista Olá! Bom dia. Boa noite. Boa manhã...Bom, tenho visto nas redes sociais muitos apelos,...

Imagem: Google
Por Eliabe Castor, jornalista

Olá! Bom dia. Boa noite. Boa manhã...Bom, tenho visto nas redes sociais muitos apelos, em especial à conjuntura política do país. Respeito tudo e todos, mas vai meu desabafo: o que está em jogo não se resume, apenas, a um prato de comida oferecido por um “Bolsa Família”. Não me interessa o passado de José Genoíno ou Temer. Vivo o presente. E se estão indiciados, há espaço para o contraditório nas esferas jurídicas. O que está em jogo não reside, necessariamente, nas políticas púbicas implantadas pelo PT ou qualquer outra agremiação política.

Não, ninguém é “bonzinho”. Os governantes cumprem, ou não, o que está na Constituição, seja de que lado for. Esquerda, direita, centro (detesto essa “separação”), afinal, todos (os parlamentares) batem nas costas um dos outros após uma votação no plenário. Berram, cenas de irritabilidade são exibidas, mas no final todos se dirigem ao famoso cafezinho para tratar dos seus próprios interesses.

É importante lembrar, no entanto, que, esteja o mandatário no Executivo, ou no Parlamento, como representante legítimo do povo, todos têm que cumprir regras. Não há exceções. E se não cumprem o que está preconizado na Carta Magna ou no regimento interno da Casa parlamentar a qual pertence, respondem juridicamente nas esferas judiciais e por seus pares no Conselho de Ética.

Foi-se o tempo da impunidade.É só observar a TV do Senado ou da Câmara. Há uma mudança, inclusive, no foco. (foco da câmera) direcionando-a para
os deputados e senadores. E nesse "limbo" que essas criaturas vivem, o que está em jogo, na maioria das vezes, é o contracheque governamental. Ou você acha que um parlamentar (há exceções) está preocupado com o abastecimento da sua geladeira? Preocupado em buscar artifícios legais para a promoção de um ensino público de qualidade?De uma saúde básica minimamente descente...?

Só para encerrar, queria, eu, ter 0,03% das mordomias oferecidas a Dilma, Temer e parlamentares. Como sugestão indico ver o modelo da Suécia, por exemplo, cujo apartamento funcional de um deputado federal é de 25 metros quadrados, e dos seus “colegas”, em Brasília, ultrapassa os 300 metros quadrados... É muita história e estória.

*** 
Você pode acompanhar os textos, contos, poemas do Eliabe Castor de Castro nos seguintes sites e blogs: http://simoneduarte.com.br/ (Campina Grande)http://www.vitrinepolitica.com/ (João Pessoa)

Contato com o autor: eliabe.castor@hotmail.com

***
#ColunaDoEliabe

Você pode gostar também

0 comentários