Fátima Paulino será a candidata do PMDB em Guarabira. Infeliz de quem não se despiu da roupa velha e vai para o sacrifício

O povo quer. Fátima, então, será a candidata do PMDB de Guarabira (PB) nas eleições de 2016. Eu a...

O povo quer. Fátima, então, será a candidata do PMDB de Guarabira (PB) nas eleições de 2016. Eu acredito nisso. Indiretamente, essa afirmação em relação à sucessão municipal tem sido amplamente reproduzida, tanto nos bastidores quanto em público e redes sociais, por populares e, sobretudo, por lideranças do partido.

Tudo pode acontecer, inclusive nada. Eu posso errar na minha análise, eu sei. Mas pelo pouco que conheço a ex-prefeita Fátima Paulino, dificilmente ela desistirá de atender ao apelo popular e da militância de seu partido, para enfrentar o “poder da máquina” que poderá dar sustentação aos futuros candidatos do PSDB e PSB local.

Para ganhar ou perder, anote: Paulino não tem medo de disputar eleição. O povo sabe disso. A concorrência política também, principalmente aqueles que já se serviram à mesa do PMDB: eles sabem que o grupo tem serviço prestado à população. E têm ciência de que devem muito – politicamente falando – a essa família.

Infeliz de quem se iludiu trocando o “certo pelo duvidoso”, a coerência pela tolice, de quem vive tentando convencer a opinião pública de que representa “o novo para Guarabira” sem, antes, ter se despido da ‘roupa velha’: dos ‘trajes da velha política’. Infeliz de quem vai para o sacrifício no ‘altar da política guarabirense’. #Política

Você pode gostar também

0 comentários