Gripe H1N1 já matou nove paraibanos em 2016

Do Mais PB A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou o Boletim Nº 3 da Influenza, que corresponde ao período de 1º de janeiro a 28...

Do Mais PB

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou o Boletim Nº 3 da Influenza, que corresponde ao período de 1º de janeiro a 28 de maio de 2016 (21ª Semana Epidemiológica de início dos sintomas). Até então, foram notificados 176 casos para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e, destes, 19 (10,7%) foram confirmados para influenza A (subtipo H1N1), o mesmo que circula desde 2009. Entre os casos notificados até o momento, em 31 deles (17,6%) foi descartada a presença do vírus de influenza. Os demais seguem em investigação.

Quanto aos óbitos, foram comunicados 27 casos de SRAG com suspeitas de algum vírus de influenza, sendo em nove confirmada a identificação viral para influenza A (H1N1) nos municípios de Alagoinha (1), Baía da Traição (1), Cacimba de Dentro (1), Campina Grande (1), João Pessoa (2), Maturéia (1), Sousa (1) e Mogeiro (1). Dez mortes foram descartadas para o agente etiológico de influenza e 15 óbitos seguem em investigação.

Ainda segundo o boletim epidemiológico, houve um aumento nos registros confirmados de pessoas que adoeceram com SRAG e que apresentaram o agente etiológico de influenza A (subtipo H1N1). Ele mostra que o ano de 2016 tem quatro casos notificados a mais que o ano de 2009, quando foi registrada a epidemia de H1N1 no Brasil e a pandemia mundial.
***

#Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários