Não é possível que a disputa política paute o desmoronamento da Barreira de Cabo Branco

Do Blog do Helder Moura A esta altura do campeonato, já se sabe que as obras da Estação Ciênc...

Do Blog do Helder Moura

A esta altura do campeonato, já se sabe que as obras da Estação Ciência contribuíram decisivamente para acelerar o desabamento da Barreira de Cabo Branco. Também é notório que o governador Ricardo Coutinho tem uma extrema má vontade com a administração do prefeito Luciano Cartaxo (e de resto todos os adversários), porque ainda se sente dono da Prefeitura.

Portanto, tudo que puder fazer para atrapalhar, ele fará. É se deu perfil, e toda a Paraíba conhece bem. Aliás, em qualquer País civilizado do mundo, muita gente já estaria enquadrada pela Justiça, por leniência, má fé e conduta imprópria no trato com o meio ambiente. Afinal, não é aceitável que, em nome de uma disputa política, João Pessoa venha a perder um de seus principais referenciais.

E é bom lembrar que Ricardo Coutinho teve seis anos à frente da Prefeitura de João Pessoa e não colocou uma pedra para conter o desmoronamento da falésia. Luciano Agra, seu preposto, idem. Agora, cabe a Luciano Cartaxo resolver o problema, ou pelo menos dar início. E, a esta altura, não importa mais quem contribuiu para o agravamento do problema ou claramente foi omisso. O importante é que se dê uma solução.

Afinal, vão deixar a Barreira do Cabo Branco cair para chorar depois o leite derramado? Não é possível que Prefeitura e Governo do Estado não encontrem um ponto de concórdia para realizar as obras que a Barreira precisa para não desabar de vez.
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários