Paulino fala em aliança com PSB, mas diz que ala dentro dos girassóis trabalha para derrotar o PMDB

Do Fato a Fato O ex-governador Roberto Paulino disse que até ainda admite uma possível alianç...

Do Fato a Fato

O ex-governador Roberto Paulino disse que até ainda admite uma possível aliança com o PSB, mas, segundo ele, há um grupo dentro da Ala Girassol que, por ser oriundo e viver conversando com o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) em João Pessoa, trabalha para derrotar o PMDB.

Não descarto essa possibilidade e sou até simpatizante com a idéia, no entanto existe certa dificuldade para a construção de uma aliança por que um grupo muito forte, dentro da Ala Girassol em Guarabira, que até me disseram (não acredito) vive conversando com o prefeito Zenóbio em João Pessoa. Por isso, fica quase impossível tal união. O PMDB é oposição ao atual gestor guarabirense e disso não abrimos mão", assegurou.

Roberto Paulino foi o entrevistado do programa Grande Jornal 850 (Rádio Rural AM), edição do último domingo (19), apresentado por Raelson Galdino. O ex-governador chegou a dizer que membros do PSB local têm relações muito próximos ao PSDB e seu comandante. "Eles até conversam e trocam ideias"
Paulino lembrou de jornalistas ligados ao governador em Guarabira que apoiam, em algumas cidades da região, os candidatos do mesmo lado político do prefeito Zenóbio e recebem apoio de sua filha, a deputada Camila Toscano (PSDB).

Em seguida, quando perguntado se haveria algum entrave entre ele e o governador Ricardo Coutinho acerca de uma possível aliança em Guarabira, Roberto Paulino foi cirúrgico na resposta: "De forma alguma". 

No entanto, mesmo negando divergência com Ricardo, o ex-governador Roberto Paulino lembrou de seu último contato com o gestor estadual, dizendo ter conversado com ele na Granja Santana para tratar de pleitos para Guarabira. "Pedi uma audiência nesse sentido e o governador me recebeu", disse.

O pai do deputado Raniery disse ter falado com Ricardo acerca do mercado público, da alça viária, do hospital de trauma, entre outros benefícios prometidos pelo governador em praça pública para a cidade de Guarabira.

Durante a entrevista, Paulino também disse ter conversado com o governador acerca da sucessão municipal em Guarabira. "Eu falei com Ricardo sobre um ponto de convergência política em nossa cidade que seria (é) João Rafael para unir PSB e PMDB".

“Pedi que o governador, com o seu apoio, lançasse João pré-candidato a prefeito e Ricardo ficou até entusiasmado com o nosso apelo, no entanto há um grupo dentro do PSB local que não aceita isso e se posiciona como entrave. Mas, vamos continuar dialogando, buscando entendimentos tendo em vista o melhor para Guarabira”, finalizou. 

Multidão - A entrevista do ex-governador Roberto Paulino na Rádio Rural de Guarabira no último domingo (19) foi acompanhada por verdadeira multidão. O auditório da emissora ficou lotado, inclusive com pessoas sem poder se acomodar nas poltronas por falta de espaço.

No final da entrevista, Fátima Paulino adentrou o recinto e foi saudada aos gritos de "prefeita". 
***

#Política

Você pode gostar também

2 comentários

  1. Realmente, parece que essa é a ideia. Vejam o caso de Josa que mesmo inelegivel, poderá recorrer para ser candidato. Isso todos sabemos. De quem Josa poderá tirar votos em 2016. Se a chapa fosse ao contrário, seria Beto que tiraria votos dos toscanos. Nesse caso, temos uma clara constituição deu um Frankenstein político, pois o grupo girassol tem os braços do grupo paulino, as pernas do grupo toscano, as costelas do grupo paulino e o cérebro do grupo toscano, vai ver de onde veio o coração do grupo? Mas que parece prevalecer forças ocultas isso parece.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, parece que essa é a ideia. Vejam o caso de Josa que mesmo inelegivel, poderá recorrer para ser candidato. Isso todos sabemos. De quem Josa poderá tirar votos em 2016. Se a chapa fosse ao contrário, seria Beto que tiraria votos dos toscanos. Nesse caso, temos uma clara constituição deu um Frankenstein político, pois o grupo girassol tem os braços do grupo paulino, as pernas do grupo toscano, as costelas do grupo paulino e o cérebro do grupo toscano, vai ver de onde veio o coração do grupo? Mas que parece prevalecer forças ocultas isso parece.

    ResponderExcluir