Ricardo nomeia Barbosa pra se aproximar de Temer, “rebaixa” espaço do PMDB e leva Marrocos de volta à Câmara

Do Blog do Helder Moura O governador Ricardo Coutinho promoveu uma reforma emblemática em sua...

Do Blog do Helder Moura

O governador Ricardo Coutinho promoveu uma reforma emblemática em sua equipe. De um lado, levou o deputado Ricardo Barbosa para a Secretaria de Representação Institucional em Brasília. E por que Barbosa? Porque ele tem mais afinidades com o Governo Temer, e foi inclusive um dos defensores do impeachment de Dilma. Pode ajudar a obter mais recursos federais.

Em outra frente, mandou um recado ao PMDB. Não afasta o partido do Governo, porque ainda espera pelo seu apoio no segundo turno da disputa em João Pessoa. Mas, claramente reduz seu espaço, ao rebaixar o secretário Laplace Guedes da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, para a desconhecida Secretaria Executiva de Energia e do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Foi trocado por Lindolfo Pires.

O governador também aproveitou para encaçapar o volúvel PR do deputado Wellington Roberto, que andava vacilante se apoiava ou não a candidatura de Cida Ramos. Agora, a história é outra, em ritmo de Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer, com Bruno Roberto. Para completar essa operação, RC nem hesitou em tirar o medalhista Zé Marco, que, aliás, tem se especializado em corrida de revezamento.

Toda essa engenharia propiciou dois efeitos colaterais destacados: permitir a posse de Raoni Mendes na Assembleia e o retorno da Sandra Marrocos à Câmara Municipal.
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários