Associação critica resposta de RC sobre compra de viaturas, diz que a PM é a Geni e Paraíba vive uma “senzala governamental”

Do Blog do Helder Moura Segue rendendo muito a resposta do governador Ricardo Coutinho ao ped...

Do Blog do Helder Moura

Segue rendendo muito a resposta do governador Ricardo Coutinho ao pedido do Coronel Euller, comandante-geral da Polícia Militar, quanto à solicitação, que foi negada, da aquisição de mais viaturas para a corporação. A ASSEMP (Associação das Esposas, Mães e Pensionistas de Policiais e Bombeiros Militares) emitiu nota criticando o governador e, inclusive, cobrando a contratação de mais policiais.

“Hoje temos uma Segurança Pública falida, onde todo erro só é atribuído a nossa Geni (Polícia Militar) que serve a tudo, a todos e de diversas formas, sempre que se faça necessária, após disso é apedrejada”, diz nota da Associação, lamentando que o governador não invista, nem na compra de viaturas, nem na contratação dos concursados. Para a ASSEMP a Paraíba vivem hoje numa “senzala governamental”.

Confira a íntegra da nota…

Nossos aplausos ao Exmo. Sr. Comandante Geral da Polícia Militar em solicitar novas viaturas para a Corporação. Esquece ilustríssimo Comandante que o efetivo da Polícia Militar hoje, conta com pouco mais de 9.000 homens, menos 106 que foram disponibilizados para a Força Nacional e ainda outros tantos que estão exercendo serviços meio, férias, licença, etc., que somados são pouco mais de 8.000 homens e mulheres que por terem seus salários congelados se sujeitam a sacrificar a folga em troca de uma ínfima gratificação que não irão levar para a sua inatividade, o que irá fazer com que permaneçam acorrentados na senzala governamental.

O que se precisa com urgência, Srs. Governador do Estado e Comandante Geral da Polícia Militar, é o aumento do efetivo, onde mais de 5.000 homens e mulheres estão habilitados a espera de suas convocações, mas não são convocados pelo fato de não ter o Sr. Governador compromisso com a segurança pública, onde sempre alega a lei de responsabilidade fiscal, mas, querer contratar sem concurso 400 “servidores” em regime de emergência, está querendo fazer sem se preocupar com essa lei, sem contar com os mais de 5.000 “servidores” codificados pelo Estado sem que se saibam quem os são, onde seus vencimentos não se reduz apenas a salários mínimos.

Quanto ao Sr. Comandante Geral, deveria esse buscar a valorização desses bravos homens e mulheres que compõe os quadros da briosa Polícia Militar, quanto a solicitação de risco de vida, extinção do arcaico RDPM que fere frontalmente a Constituição Federal e criação do Código de Ética, a luz da Constituição, com todas as garantias previstas em Lei. Hoje temos uma segurança pública falida, onde todo erro só é atribuído a nossa “*GENI” (Polícia Militar) que serve a tudo, a todos e de diversas formas, sempre que se faça necessária, após disso é apedrejada (criticada) e atingida com fezes.

* GENI – Letra e Música de Chico Buarque de Holanda

Zoraide Gouveia
Presidente da ASSEMP”

***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários