PTB fará parte do arco de aliança do PMDB nas eleições de 2016 em Guarabira

Do Fato a Fato Se depender da liberação do presidente estadual do PTB, deputado federal Wilso...

Do Fato a Fato

Se depender da liberação do presidente estadual do PTB, deputado federal Wilson Filho, o partido fará parte do arco de aliança do PMDB, que tem Fátima Paulino como pré-candidata a prefeita, nas eleições municipais deste ano em Guarabira. 

A notícia foi dada pelo deputado estadual Raniery Paulino, que disse ter conversado com Wilson Filho durante os festejos juninos, na fazenda de seu tio, o empresário Raimundo Paulino. “Conversamos sobre São João, São Pedro e Santo Antônio, mas falamos também sobre política”, revelou.

Raniery garantiu que o diálogo com o PTB foi iniciado, inclusive com a legenda abrindo perspectivas de aliança com o PMDB em João Pessoa, e que esse entendimento pode e deve ser extensivo ao município de Guarabira. “Por que não um acordo viabilizado com o partido em nível municipal?. Acho extremamente viável”, disse Paulino.

Com relação a direção do PTB de Guarabira, o deputado Raniery Paulino chegou a dizer que sempre teve um bom diálogo com o vereador e presidente da Câmara Municipal Inaldo Júnior. “É um grande liderança, tem forte penetração no meio evangélico e pode sim estar conosco nessas eleições”, avaliou.

Outra legenda que fará parte da coligação do PMDB de Guarabira será o PP, comandado na Paraíba pela Família Ribeiro. A notícia de que o partido se alia com o grupo do ex-governador Roberto Paulino foi dada pela deputada estadual Daniela Ribeiro.

Vice de Fátima – O presidente municipal do PTB, Inaldo Júnior, mesmo ainda estando aliado ao prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), é um das lideranças cotadas a figurar na chapa majoritária do PMDB na condição de candidato a vice de Fátima Paulino.

Além de Inaldo Júnior, os empresários Deda Claudino e João Rafael, o atual vice-prefeito de Guarabira, Zé do Empenho, e o vereador Saulo de Biu também figuram na lista de possíveis vice da ex-prefeita Fátima Paulino (PMDB).
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários