População reclama pela falta de iluminação pública nos bairros e na zona rural de Guarabira

Do Fato a Fato Moradores dos bairros, conjuntos residenciais e da zona rural usaram, na manhã desta terça-feira (16), as principais emi...

Do Fato a Fato

Moradores dos bairros, conjuntos residenciais e da zona rural usaram, na manhã desta terça-feira (16), as principais emissoras de rádios para reclamar da falta de iluminação nas vias públicas de Guarabira.

No programa Espaço Aberto (Rádio Cultura AM), por exemplo, as reclamações vieram de setores como o conjunto residencial Nossa Senhora Aparecida, O Mutirão, além do Bairro Novo, Nordeste e Juá. Em todas as localidades os moradores protestaram com a falta de reposição de luminárias.

O serviço de reposição de lâmpadas é de responsabilidade da administração municipal. Uma taxa, cobrada na “conta de luz” do consumidor pela Energisa, é depositada nos cofres da Prefeitura de Guarabira para manutenção da iluminação pública da cidade.

Segundo os moradores que reclamaram nas emissoras de rádios, como o serviço de manutenção da iluminação pública é feito de forma irregular, vários setores da cidade vivem na escuridão, causando sérios transtornos à população.
Durante as reclamações, nenhum setor da Prefeitura de Guarabira ligou para as emissoras de rádio no sentido de contestar ou prestar alguma informação acerca da participação dos ouvintes. 

Maciel – Na zona rural, a situação não é diferente. Antonio Paulino, morador do Sítio Maciel, disse que a comunidade há tempo vem sofrendo com suas principais artérias na escuridão. Ele também reclamou da Prefeitura de Guarabira durante participação na Rádio Cultura AM.

Antonio chegou a dizer que comunicou a falta de reposição de lâmpada no Maciel ao coordenador da Iluminação Pública da Prefeitura de Guarabira, mas até o período da manhã desta terça-feira (16) o problema não havia sido resolvido. 
***

#Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários