Tem coragem de mamar em onça quem manda a Polícia recuar diante dos bandidos?

Do Blog do Helder Moura Todo período eleitoral, o governador Ricardo Coutinho inventa um bord...

Do Blog do Helder Moura

Todo período eleitoral, o governador Ricardo Coutinho inventa um bordão para tentar mostrar macheza. Na eleição de 2014, chegou a dizer que daria uma “surra de varas” em Cássio Cunha Lima e Zé Maranhão. Depois, voltou atrás quando Zé apoiou sua reeleição. Agora, volta a arrotar que tem coragem de “mamar em onça”.

Bem, se ele mesmo está dizendo que tem coragem de mamar, meu caro Paiakan, quem somos nós pra duvidar. Agora, pra mostrar que tem macheza mesmo e coragem de mamar em onça por que ele não manda seus advogados deixarem de procrastinar o julgamento das ações que pedem sua cassação? Ai mostrava que tem mesmo coragem.

Poderia, por exemplo, liberar seus advogados para cobrar da Justiça o julgamento do Caso Jampa Digital, especialmente as referências maliciosas em torno da morte do jovem Bruno Ernesto. Mas, toda vez que Pâmela Bório ou outra pessoa fala no assunto, ele corre à Justiça pra censurar as divulgações. Isso não é exatamente prova de coragem, não acha, meu caro Paiakan?

Eu diria que ele tem coragem de mamar em onça se mandasse seus advogados darem um empurrãozinho no julgamento do Caso Cuiá. O caso, como se sabe, vem desde tempo do tempo da onça. Das eleições de 2010 ainda. Até hoje segue sem julgamento e sem o cidadão saber como se fez uma desapropriação na velocidade da luz em véspera de eleição com dinheiro público vivo e andando de uma conta pra outra.

E, por fim, meu caro Paiakan, quem tem coragem de mamar em onça manda a Polícia recuar no combate aos bandidos, como fez no Caso do Faroeste Girassol? Tenho pra mim, que coragem de mamar em onça mesmo tem é o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Farias, que decidiu enfrentar os bandidos, sem recuar.

A menos que mamar em onça tenha outro significado nesses tempos republicanos.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários