Viva a Rio 2016! Viva o Brasil

A tão aguardada abertura das Olimpíadas Rio 2016 surpreendeu até os menos otimistas em relação ao evento, como eu. A tentativa de fazer mu...

A tão aguardada abertura das Olimpíadas Rio 2016 surpreendeu até os menos otimistas em relação ao evento, como eu. A tentativa de fazer muito com poucos recursos, colocada em prática pela organização da cerimônia, realmente funcionou. Quem dera se a classe política do Brasil tomasse isso como exemplo: “menos é mais!” A abertura dos jogos olímpicos, na noite de sexta-feira (05), surpreendeu o mundo. Foi um espetáculo criativo e de discursos motivadores. Uma festa à brasileira, embora tenha apresentado muito da identidade carioca – até porque a festa aconteceu na ‘cidade maravilhosa’, inicialmente ao som do hino nacional interpretado com suavidade por Paulinho da Viola. Mas o Brasil foi representado com a devida criatividade - característica do nosso povo. A nossa história foi contada para o mundo em coreografias, efeitos e projeções ao som de “Construção” (Chico Buarque) e “Samba do avião” (Tom Jobin), por exemplo. E a nossa música também cantada por nomes como Ludmila, Elza Soares, Zeca Pagodinho, Marcelo D2 e o mestre Jorge Ben. Eu senti falta de Sergio Mendes, ícone da MPB bastante celebrado no exterior, ao qual a música brasileira também deve muito. No entanto, para compensar, tivemos direito a um desfile exclusivo da top model Gisele Bundchen, ao som de “Garota de Ipanema”, executada pelo neto de Tom Jobim, Daniel Jobim, mostrando um pouquinho mais do Brasil. A quebra de protocolo na abertura oficial da Rio 2016 também fez muita diferença, assim como o apelo ecológico para um consumo mais consciente e a atitude de cada atleta de ‘plantar uma árvore’ que foi, simbolicamente, representada nos anéis olímpicos. Com algumas poucas ressalvas, eu avalio que foi uma solenidade sem exageros, onde a politicagem não teve vez – nem de um lado nem do outro. A abertura das Olimpíadas do Rio 2016 provocou, acima de tudo, a reflexão e renovou, pelo menos em mim, o orgulho de ser brasileiro. Viva a Rio 2016! Viva o Brasil! #Cultura #Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários