Em noite de adesões, prefeito diz que o povo saberá escolher quem mais trabalha por Guarabira

Na noite de quinta-feira (15) a caravana do trabalho e do progresso retornou ao Bairro do Nordest...

Na noite de quinta-feira (15) a caravana do trabalho e do progresso retornou ao Bairro do Nordeste, onde realizou mais um grande comício vitória, desta vez, na Rua Elói Pereira. O prefeito a reeleição Zenóbio Toscano, o seu vice Marcus Diogo e os candidatos a vereador da Coligação ‘Pela Vitoria do Trabalho’ foram recebidos por uma multidão, a qual reconhece que o trabalho não pode parar e diz sim ao projeto de reeleger Zenóbio.

Como quase que rotineiramente vem acontecendo nas grandes manifestações comandadas por Zenóbio e Marcus, mais duas importantes lideranças politicas guarabirenses que eram ligadas ao grupo dos Paulino resolveram deixar de lado cores partidárias e se aliara continuidade do desenvolvimento na Terra da Luz. Trata-se de Fernando Marreiro; que já foi candidato a vereador pelo lado de lá e também, Beto Paulino, o qual é irmão do ex-vice-prefeito Alberto Amorim e filho do ex-prefeito de Guarabira, em saudosa memória, Gustavo Amorim da Costa.

Ao lado da primeira-dama Léa Toscano e da deputada Camila Toscano, o prefeito Zenobio agradeceu a chegada das novas adesões ao seu projeto de reeleição e voltou a ressaltar, que daqui pra frente às escolhas populares não estão sendo feitas por cores partidárias e sim por estilos diferentes de administrar,  e segundo Toscano, o eleitor guarabirense vai saber facilmente diferenciar entre as candidaturas que ora estão postas, qual é a que melhor sabe conduzir os destinos de Guarabira.

Zenóbio ainda destacou acerca das obras que chegaram ao Bairro do Rosário, sendo segundo o mesmo a maioria realizada por ele ou pela ex-prefeita Léa. E assim elencou como exemplo a construção do Centro Educacional Edivardo Toscano, pavimentação de ruas, implantação de uma academia de saúde e atualmente a instalação de um parque infantil, entre outros. (Blog do Ikeda, com assessoria)
***

#Política #Eleições2016

Você pode gostar também

0 comentários