Juíza defere candidaturas de Fátima e Inaldo e valida aliança PT/PMDB em Guarabira

Do Fato a Fato A juíza Hígia Antônia Porto Barreto, titular da Décima Zona Eleitoral, deferiu...

Do Fato a Fato

A juíza Hígia Antônia Porto Barreto, titular da Décima Zona Eleitoral, deferiu, na data de ontem (5), o pedido de registro de candidatura de Fátima Paulino (PMDB) e Inaldo Júnior (PTB), ambos candidatos a prefeito e vice nas eleições desse ano no município de Guarabira.

No mesmo despacho, a magistrada validou a coligação do PT com o PMDB para as eleições majoritárias desse ano em Guarabira. Na decisão, a juíza Hígia Porto destacou o voto de 5 dos 8 membros da Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores, os quais decidiram em convenção pela referida aliança.

Após a oficialização da decisão judicial, Fato a Fato manteve contato com Fátima Paulino e a candidata a prefeita da coligação “Guarabira, Cidade do Bem” disse que recebeu o resultado do despacho da juíza com muita serenidade e naturalidade.

“O resultado de todo processo, na nossa ótica, foi dentro daquilo que esperávamos. Primeiro por que o nosso Direito é bom. Segundo devido a competência da equipe jurídica que nos assiste e em terceiro lugar devido a vontade de grande parte do PT de Guarabira que decidiu, novamente, por caminhar conosco, tudo em favor de melhores dias ao povo guarabirense”, afirmou Fátima.


Confira as alegações e a decisão da juíza:



Você pode gostar também

0 comentários