PM da Paraíba mobiliza 1.400 homens e 300 viaturas na segurança do Enem

Do Click PB Cerca de 1.400 homens da Polícia Militar da Paraíba e 300 viaturas foram mobilizados para fazer a escolta das provas e po...

Do Click PB

Cerca de 1.400 homens da Polícia Militar da Paraíba e 300 viaturas foram mobilizados para fazer a escolta das provas e policiamento nos locais de realização das provas do exame Nacional de Ensino Médio (Enem) que acontece neste final de semana em 51 cidades, seis a menos em relação ao ano passado.

O coordenador de planejamento da Polícia Militar, tenente coronel Montgomery Silva, ressaltou que o adiamento das provas para 2.468 candidatos não afetou o esquema de segurança para a operação, que foi definido no dia 18 de outubro do mês passado. “Não altera porque são apenas quatro locais de provas a menos, nas cidades de Cabedelo, Areia e Bananeiras. O efetivo que estava destinado para esses locais será remanejado e reforçará outras cidades onde será realizado o exame”, explicou, informando que a PM estará presente nos 474 locais de prova.

A operação da PM começa com a escolta dos carros dos Correios que vão transportar as provas das unidades centralizadoras (em João Pessoa e Campina Grande) para as unidades distribuidoras, que ficam nas cidades onde será realizado o exame, sob um forte esquema de segurança. O mesmo trabalho será feito ao término do Enem, no domingo (6), com a escolta dos gabaritos dos candidatos. As rotas utilizadas estão sendo mantidas em sigilo.

Durante a realização das provas, no sábado (5) e domingo (6), os policiais militares farão o policiamento em todas as escolas. Nas imediações dos locais de realização do exame, as rondas motorizadas serão intensificadas - com auxílio de drones - para prevenir roubos a pessoas, furtos a veículos e também para coibir a perturbação do sossego (som alto) nas ruas adjacentes.

A operação Enem/2016 da Polícia Militar só termina na segunda-feira (7), quando todos os cadernos de respostas estiverem nas unidades centralizadoras.
*** 
#Sociedade #Educação

Você pode gostar também

0 comentários