Superlua de dezembro é a última em intervalo de um ano

Curiosa Mente A sequência de superluas de 2016 ainda não chegou ao fim. A noite de 14 de dezembro reserva o último evento do deste ti...

Curiosa Mente

A sequência de superluas de 2016 ainda não chegou ao fim. A noite de 14 de dezembro reserva o último evento do deste tipo no ano e o único em um intervalo de quase doze meses, até 4 de dezembro de 2017, quando a lua estará, novamente, mais próxima da Terra.

Em 2016, já ocorreram dois eventos, um em 16 de outubro e outro no dia 14 de novembro. Este último, contou com a maior superlua desde 1948. Porém, foi observado com dificuldade no Recife, diante das condições climáticas do dia.

A superlua ocorre quando o satélite natural da Terra está em seu perigeu, ou seja, o momento em que fica mais próxima ao nosso planeta. Por conta do movimento orbital “oval”, em alguns momentos, fica mais próximo que o habitual. De acordo com informações do Observatório Astronômico de Lisboa, nesta última superlua do ano, a distância entre a Lua e a Terra será de 358 mil quilômetros. No último evento, ocorrido em novembro, a distância era de 356 quilômetros. O Observatório conta com um documento no qual é possível ver as datas de todas as superluas até 2050.
***

#Sociedade 

Você pode gostar também

0 comentários