Jovem saudita é presa por publicar foto sem véu no Twitter

Mulher usa hijab (iStock) A polícia da Arábia Saudita prendeu uma mulher por ter tirado seu véu em público e ter divulgado as imagens n...

Mulher usa hijab (iStock)
A polícia da Arábia Saudita prendeu uma mulher por ter tirado seu véu em público e ter divulgado as imagens no Twitter, uma ação proibida em um país que aplica uma versão rigorosa do Islã e submete as mulheres a proibições estritas, como cobrir a cabeça em público com o véu islâmico, entre outras medidas.

O porta-voz da polícia, Fawaz al Maiman, anunciou na segunda-feira a detenção da jovem, sem revelar seu nome. Vários sites sauditas a identificaram, no entanto, como Malak al Shehri.

Sua imagem, sem véu na rua principal de Riad no mês passado, provocou uma onda de indignação no país. Nas redes sociais, muitos sauditas pediram que a mulher fosse punida com execução.

A polícia agiu por dever ante a “violação dos costumes”, detalhou o porta-voz em um comunicado. “A ação desta mulher viola as leis em vigor no país”, reiterou, fazendo um chamado a “subscrever aos ensinamentos do islã”.

A mulher “publicou um tuíte onde aparece de pé sem véu perto de um conhecido café em Riad”, prosseguiu a polícia. Também a acusou de “falar abertamente de relações proibidas com homens” com os que não tem nenhum parentesco.

Malak al Shehri, presa por andar em público sem véu islâmico na Arábia Saudita (Reprodução)
A acusada, de cerca de 20 anos, foi “transferida a um presídio para mulheres” e seu caso teria que ser objeto de novas investigações, segundo a polícia.

A Arábia Saudita é o único país no mundo que proíbe as mulheres de dirigir. Elas também devem obter a autorização de um homem – um tutor – para trabalhar, viajar ou se casar, e não podem sequer comer sozinhas em um restaurante. (Veja.com, com AFP)
***

#Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários