Oposição vai entrar com ação para anular eleição da Câmara Municipal de Guarabira

Fato a Fato O vereador Saulo Fernandes (Saulo de Biu – PMDB), em conversa exclusiva com a editoria de Fato a Fato, revelou que a opos...

Fato a Fato

O vereador Saulo Fernandes (Saulo de Biu – PMDB), em conversa exclusiva com a editoria de Fato a Fato, revelou que a oposição deve mesmo entrar com pedido junto ao Ministério Público para anular a eleição do segundo biênio da Câmara Municipal de Guarabira.

Na eleição, o vereador Marcelo Bandeira (PSB) foi eleito presidente e Raimundo Macedo (PSDB) se elegeu vice. 

O principal argumento a ser apresentado pelos vereadores de oposição será o de que a eleição foi realizada em sessão solene, ferindo frontalmente o que determina o Regimento Interno da Câmara Municipal.

Segundo Saulo, para a eleição do segundo biênio ser legítima, teria de ser realizada em sessão ordinária ou extraordinária. “Como o pleito não atendeu ao que determina o Regimento Interno da Câmara, pode sim ser anulado”, afirmou.

“Estou conversando com Wilsinho, Zé Ismai e Michele Paulino. Depois que ouvirmos as orientações do nosso assessor jurídico, aí sim, tomaremos a decisão de entrar com a ação junto ao MP para anular a eleição do segundo biênio da Câmara Municipal”, garantiu.

Saulo disse não ter nada contra Marcelo Bandeira nem Raimundo Macedo, no entanto as coisas têm de ser feitas dentro das normas regimentais, inclusive no Legislativo guarabirense. 

Fato a Fato entrou em contato com os outros vereadores da oposição e ouviu deles o seguinte: “o que for decidido em conjunto, haveremos de dar andamento”.
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários