Paulino age como bombeiro e adia reunião do PMDB: “Clima estava muito acirrado entre Maranhão e Lira”

Blog do Helder Moura A confirmação foi do ex-governador Roberto Paulino. Mas, o fato é que a reunião da Executiva Estadual do PMDB, q...

Blog do Helder Moura

A confirmação foi do ex-governador Roberto Paulino. Mas, o fato é que a reunião da Executiva Estadual do PMDB, que estava marcada para a próxima sexta (dia 20), foi adiada. Segundo Paulino, “o clima estava muito acirrado”, após manobras do senador Raimundo Lira de atrair parlamentares do partido, para se contrapor ao comando do senador Zé Maranhão.

Paulino assegura que uma nova data será definida em conjunto Lira e Maranhão. Mas, antes, eles devem se encontrar em Brasília, talvez para aparar as arestas criadas nos últimos dias. Roberto Paulino acredita ser possível uma conciliação ampla, uma vez que há praticamente um consenso de que o partido deva lançar candidato próprio ao Governo em 2018.

Apesar de admitir que o partido tem, a preço de hoje, três bons nomes para a disputa, Lira, Maranhão e o deputado Veneziano, sua preferência é por Raimundo Lira.

Reunião – Maranhão, como se sabe, havia convocado uma reunião extraordinária da Executiva, precisamente para debater as divergências internas e a mobilização de Lira para levar integrantes do partido a apoiar o governador Ricardo Coutinho. Posição contrária à orientação do partido, que é de oposição ao governador, desde a parceria firmada com o prefeito Luciano Cartaxo e o senador Cássio Cunha Limas nas eleições de outubro do ano passado.
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários