PMG não repassa “Bolsa Transporte” e estudantes da UFCG em Cuité são prejudicados

“ O prefeito Zenóbio Toscano sancionou a Lei nº 1249/2015 que cria e concede a “Bolsa Transporte”aos universitários guarabirenses que est...


Pela lei, estes estudantes devem receber a quantia de R$ 120 reais mensais por dez meses, considerando alguns requisitos da lei municipal, para auxiliá-los no custeio com transporte e manutenção, isso por não haver número significativo que preencha um ônibus ou micro-ônibus como ocorre para outros municípios.

Acontece que neste mês ninguém recebeu a devida quantia. Os estudantes até mantiveram contato com o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) e com o secretário de Educação, Raimundo Macedo – os adicionando em um grupo de WhatsApp - mas nenhum dos dois deu uma explicação sobre o não-repasse da verba.

De acordo com estudantes, em contato com a editoria do Caderno, houve um recadastramento em janeiro deste ano, quando cada estudante teve de levar documentação exigida para ter acesso ao benefício. Quem fez a atualização cadastral recebeu um comprovante, mas o pagamento não saiu.

Pelo que o blog apurou, mais de 20 estudantes universitários recebem essa bolsa da Prefeitura de Guarabira. Eles, porém, estão prejudicados desde o dia 30 de janeiro, quando as aulas tiveram início. Se 2017 fosse ano de eleição, eu garanto: não iria faltar ‘bolsa’ nem transporte para ninguém. Alguém duvida?

Os estudantes buscaram ouvir o prefeito Zenóbio, o professor Raimundo e também uma senhora chamada Gracina. Ninguém teve um argumento convincente ou, pelo menos, a consideração de responder aos questionamentos feitos. Eles preferiram sair do grupo.

Caso os que fazem a Secretaria de Educação do município de Guarabira desejem se pronunciar, o espaço será concedido. Afinal, a gestão de Zenóbio tem “compromisso com o futuro!” A gente sabe disso (risos). #Política #Sociedade

Você pode gostar também

0 comentários