Gestão de Zenóbio Toscano é denunciada por descumprimento de lei; professores são prejudicados em Guarabira

Professores da rede municipal de ensino de Guarabira (PB) denunciam descumprimento de lei por parte da gestão do prefeito Zenóbio Toscano...

Professores da rede municipal de ensino de Guarabira (PB) denunciam descumprimento de lei por parte da gestão do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB). Além de não estar cumprindo a legislação vigente em relação ao Plano de Cargos, Carreira e Remuneração, o chefe do Executivo também tem suprimido a GIM (Gratificação de Incentivo ao Magistério) sem nenhuma explicação convincente à categoria, prejudicando professores.

O presidente do Sindicato dos Professores de Guarabira, Jurandir Félix, já saiu em defesa da categoria na Câmara de Vereadores, onde revelou que não teve respostas às solicitações de audiência com o prefeito Zenóbio que, até então, se recusa a dialogar com os professores.

O professor Jurandir também relatou que as progressões funcionais, previstas no Plano Municipal de Educação, aprovado pelo legislativo guarabirense, não estão sendo garantidas aos docentes que buscam mais qualificação.

Na rede social Facebook, a professora Sandra Cabral desabafou por ter sua gratificação retirada desde novembro do ano passado. Veja:

A professora Ana Tavares também quer uma explicação.
O fato já repercute na imprensa local. O Portal 25 Horas ,o Fato a Fato e o Caderno de Matérias estão dando cobertura sobre o assunto.

Esta é a gestão que diz ter “compromisso com o futuro”: denunciada por descumprimento de leis, por corte de gratificação de quem tem direito, por não dialogar e nem dar qualquer resposta aos reclames da população.

"É compromisso!". #Política

Você pode gostar também

0 comentários