Reitor diz que as críticas do Governo à sua gestão são “uma piada” e insinua que o dinheiro retido “é pra fazer caixa noutra coisa”

Blog do Helder Moura O reitor Rangel Júnior (UEPB) considerou uma piada de mau gosto as críticas do governador Ricardo Coutinho e alg...

Blog do Helder Moura

O reitor Rangel Júnior (UEPB) considerou uma piada de mau gosto as críticas do governador Ricardo Coutinho e alguns de seus auxiliares, como o secretário Luiz Torres (Comunicação), à sua gestão. Tanto o governador, quanto seus auxiliares, têm contestado a crise da Universidade Estadual da Paraíba, afirmando que o problema não é redução de repasses, mas de gestão.

“Dizer que a UEPB é mal administrada é uma piada. E o Governo não está retendo apenas R$ 2 milhões por mês, como afirmou o secretário de Comunicação. Na verdade, são mais de R$ 4 milhões todos os meses, e quem cabe pagar o 13º não é o Governo, como ele afirmou, mas a Universidade, a partir dos repasses do Governo, desde que sejam regulares como prevê a legislação”, disse Rangel.

E completou: “A lei n° 7643 diz que cabe à Universidade fazer o pagamento do 13°, mas para isso o Governo tem que repassar o dinheiro. São R$ 4,258 milhões que o governo está retendo por mês. O que estamos reivindicando é apenas que o Governo cumpra a Lei Orçamentária Anual e mande o dinheiro. O dinheiro retido deve ser pra fazer caixa pra outra coisa, pois não temos uma explicação até hoje.”

“O que parece uma piada é o secretário querer me ensinar a administrar. Primeiro, que ele nem sabe administrar”, arrematou.
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários