Audiência Pública em Guarabira: “Roberto Paulino foi o melhor governador para a PM”, diz Coronel Francisco

A Câmara Municipal de Guarabira realizou, esta semana, audiência pública com o objetivo de debater a atual situação da segurança pública,...

A Câmara Municipal de Guarabira realizou, esta semana, audiência pública com o objetivo de debater a atual situação da segurança pública, dos policiais e bombeiros militares e por consequência da sociedade paraibana. Na oportunidade, o Coronel Francisco de Assis (Coronel Francisco), como integrante dos debates, rasgou elogios ao ex-governador Roberto Paulino.

Durante a audiência pública, representantes das entidades militares Clube dos Oficias, Associação dos Subtenentes e Sargentos, Associação das Esposas e Mães de Policiais e o Movimento dos Inativos (MIP), interagiram com os vereadores e autoridades da cidade, buscando melhorias para a segurança pública do Estado.

O Coronel Francisco, presidente do Clube dos Oficiais da Paraíba, fez referências ao nome do ex-governador Roberto Paulino, quando em 2002 incorporou promoções e gratificação que representam grande parte da remuneração dos policiais militares da Paraíba. “Roberto Paulino foi o melhor governador para a Polícia Militar”, certificou o Coronel.

Francisco está percorrendo as principais cidades do Estado debatendo a situação da segurança pública e dos PM’s. O coronel disse que o Governo evita o diálogo com as entidades representativas e ignora a situação atual dos policiais e bombeiros militares, que enfrentam uma série de dificuldades.

“Em Guarabira tivemos mais um momento importante discutindo a questão da segurança pública da Paraíba. Agradecemos aos vereadores, aos representantes das nossas entidades e ao povo em geral pela participação nessa discussão democrática”, disse o Coronel Francisco, presidente do Clube dos Oficiais.

O deputado estadual Raniery Paulino, que cumpria agenda em Brasília anteriormente marcada, foi representado na audiência pelo advogado Fábio Mariano. (Blog do Ikeda, com assessoria)
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários