Deputada cobra divulgação semanal de estupros e outros crimes contra a mulher

Por Rubens Nóbrega, do Blog do Rubão, JP A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) cobrou nesta terça-feira (2) que o Governo do Esta...

Por Rubens Nóbrega, do Blog do Rubão, JP

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) cobrou nesta terça-feira (2) que o Governo do Estado divulgue semanalmente as ocorrências de estupro e outros crimes contra a mulher na Paraíba. Cobrou também que as autoridades da Segurança Pública adotem medidas urgentes e mais efetivas de prevenção da violência e de proteção às vítimas.

Camila fez as cobranças após a informação, da Polícia Militar, de que atendeu durante o feriadão de 1º de Maio nada menos que 95 casos de violência doméstica na Paraíba, todos provocados por agressões contra a mulher cometidas por seus companheiros. Por essas e outras, a deputada entende que falta de parte do Governo do Estado “ações concretas de enfrentamento a essa violência crescente”.

Ela anunciou que vai colocar o assunto em discussão na Assembleia Legislativa, com vistas a discutir alternativas e soluções para o problema, mas lembra que é preciso que o Governo do Estado tome a iniciativa de adotar ações e programas que previnam e protejam na prática as ocorrências de crimes contra a integridade física e a vida das mulheres.

Segundo dados divulgados pela PM, mais da metade dos casos do feriadão foram registrados na região metropolitana de João Pessoa, com 60 chamados, sendo 36 na Capital, sete em Santa Rita, cinco em Bayeux e dois em Cabedelo. Em Campina Grande, foram 17 chamadas pedindo a intervenção policial para impedir ou prender homens que batiam ou ameaçavam bater em mulher.

Camila Toscano mostrou-se preocupada particularmente com “a falta de divulgação do número de estupros na Paraíba, reconhecendo, contudo, que os crimes sexuais que têm mulheres como vítimas têm elevada sub-notificação em todo o Brasil, particularmente no Estado.
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários