Dica de filme: Aos estudantes de jornalismo e radialismo, assistam “Uma manhã gloriosa”

Aqui vai mais uma dica de filme para jornalistas, radialistas e para quem faz ou gosta de Comunicação. Hoje eu sugiro “Uma manhã glorios...

Aqui vai mais uma dica de filme para jornalistas, radialistas e para quem faz ou gosta de Comunicação. Hoje eu sugiro “Uma manhã gloriosa” (2010). Não é um filme para ganhar Oscar, adianto. Nem é tão envolvente quanto Spotlight, por exemplo, que mostra uma rotina jornalística intensa com destaque para o trabalho de apuração #jornalismoinvestigativo – e não por ser uma comédia, mas, talvez, porque ele não tenha essa proposta de envolver, avalio. Dirigido por Roger Michell, o longa mostra uma rotina jornalística mais leve, com muito bom humor – porém não menos encantadora, sobretudo porque trata de televisão.

A atriz Rachel McAdams interpreta a recém-contratada Becky Fuller, uma produtora que tem como meta levantar a audiência do noticiário matutino de uma estação de tevê. Para isso, ela conta com o lendário âncora, Mike Pomeroy (Harrison Ford), que resiste e se recusa a encarar algumas propostas para o noticiário, subestimando a qualificação e a competência de sua colega mais nova – a gente vê muito isso por ai. O filme ainda aborda essa questão de demissões e contenção de custos - situação tão evidente em muitas redações de impresso no Brasil e em emissoras de rádio e tv. 

(...) o sonho de trabalhar na televisão, a formação curricular, a rotina, tipos de jornalismo, reunião de pauta, desenvolver trabalho em equipe, falhas frequentes e suas correções, relação com “ditadura do tempo”, o reconhecimento, o glamour na TV, a despedida após o jornal, números de audiência, propostas profissionais, são algumas situações para uma produtora desajeitada administrar e ainda ter tempo para amar, tendo êxito e alcançando o devido reconhecimento.

“Uma manhã gloriosa” está disponível no canal pago do Youtube e Netflix- e isso aqui não é merchandising. Aos estudantes de jornalismo e radialismo, principalmente: assistam! E não deixem de ver Spotlight - este é realmente uma referência. O blog recomenda! #Cultura #SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários