Raniery Paulino tem atuação relevante na AL-PB. Toscano reconhece. Mas eles seguirão em lados opostos, avalia editor do blog

O nome #Paulino tem sido bastante citado em sites e blogs na Paraíba, sobretudo na cidade de Guarabira (PB). Em outras palavras: o nome ...

O nome #Paulino tem sido bastante citado em sites e blogs na Paraíba, sobretudo na cidade de Guarabira (PB). Em outras palavras: o nome do deputado estadual Raniery Paulino (PMDB), um dos mais coerentes e atuantes parlamentares, está na boca do povo. O assunto é a possibilidade de “dobradinha” com Toscano em 2018.

Pelo que se observa, no entanto, a família Toscano é a mais interessada nessa ‘aproximação’. Há algo positivo nisso, avalio: esse interesse atesta uma atuação relevante e o trabalho que Raniery tem feito em prol dos paraibanos na Assembleia da Paraíba. Ele, então, seria um bom nome para federal. E Toscano reconhece, acredito - por isso votaria em Paulino. 

Contudo, eu já ouvi do ex-governador Roberto Paulino e do próprio Raniery que, apesar dessa avaliação positiva – inclusive por parte do grupo do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) -, o projeto da família Paulino é o de reeleição, buscando também fortalecer o partido no estado. E isso, observo, não depende de aliança com os tucanos em Guarabira.

Não sei se RP teria 'condição', hoje, de ‘encarar’ uma candidatura a deputado federal - ele é o único com mandato na família, e faz uma ‘oposição genuína’ ao Governo do Estado - o grupo Toscano, que faz oposição do Governo, já foi aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB). Raniery sempre fez oposição ao atual governo e mantém, portanto, sua coerência política.

Sinceramente, eu não acredito que Raniery lance seu nome para a Câmara Federal no próximo ano, mas seria um excelente nome para representar a região em Brasília. Também não consigo imaginar Paulino e Toscano de 'mãos dadas'. Contudo, como se trata de política, não vejo problema em 'diminuir a distância' em prol de um novo governo - com ressalvas! 

Essa 'aproximação' seria estratégica. E os aliados do governador RC em Guarabira sabem disso e ficam desesperados. Tentam a todo custo 'vender' uma união que não existe e certamente não existirá, pelo menos, na esfera municipal. Há um desespero incomum entre os 'girassóis', cuja estratégia até agora é compartilhar inverdades na redes sociais, por exemplo.

Porém, continuando, se Paulino não tem interesse numa vaga na Câmara nesse momento, por que a deputada Camila Toscano (PSDB) não abraça esse projeto como opção do município, afinal seu pai é prefeito de Guarabira e diz ser um político bastante articulado na região? Veja essa possibilidade, prefeito ZT! Eu mesmo votaria na sua filha para deputada federal. 

Claro, por que não? 

Feito o desafio. Ao convencer e lançar o nome de sua filha Camila como opção de Guarabira à Câmara Federal no próximo ano, o tucano Zenóbio estaria provando a força do seu "CNPJ - no sentido de grupo", principalmente, na região. E a deputada Camila teria oportunidade de ser tão atuante como tem sido na AL-PB. E ai 'menina do calendário', topa o desafio? #Política

Você pode gostar também

0 comentários