Jornais Guardian e Observer vão virar tabloides em 2018

Poder 360 O jornal britânico   The Guardian   e sua edição dominical – The Observer – passarão a circular no formato tabloide no come...

Poder 360

O jornal britânico The Guardian e sua edição dominical –The Observer– passarão a circular no formato tabloide no começo de 2018. A mudança é parte de 1 plano do GMG (Guardian Media Group), que publica os jornais, para acabar com os prejuízos ou pelo menos colocá-los em níveis sustentáveis até abril de 2019.

“Mudar para o formato tabloide vai nos deixar muito mais flexíveis para responder à oscilante demanda por edições impressas. Vai nos permitir economizar milhões de libras todo ano”, escreveram Katharine Viner e David Pemsel, editora-chefe do Guardian e chefe-executivo do GMG, respectivamente,em texto publicado na edição de 3ª feira (13.jun.2017). Leia o editorial.

O jornal teve prejuízo de £ 57 milhões em 2015/2016, e conseguiu baixar as perdas para £ 38 milhões em 2016/2017. De 2005, quando o atual formato da edição impressa foi adotado, até este ano, a circulação média caiu de 341 mil exemplares por dia para 154 mil.

Há uma tentativa de aumentar o número de assinantes –ou, pelo menos, fazer com que ele pare de diminuir tão rápido– com promoções. A peça gráfica abaixo, por exemplo, anuncia assinaturas do Guardian pela metade do preço durante 3 meses.

TABLOIDES INGLESES

O formato atual de The Guardian é o berliner. Tem dimensões pouco menores que o tipo standard, o mais tradicional da imprensa, que a publicação usava antes de 2005. Tabloides são os jornais com apenas uma dobra, como a maioria dos populares do Brasil.

Fato curioso é que The Guardian é 1 jornal de referência, com muita credibilidade. E, na Inglaterra, “tabloide” é praticamente sinônimo de veículo sensacionalista.

Outros jornais prestigiados do Reino Unido já passaram pelo mesmo processo, como The Times. Das maiores publicações britânicas, apenas Financial Times Daily Telegraph continuam no formato standard.
***

#SintoniaFina

Você pode gostar também

0 comentários