Ausência de Josa na inauguração do Anel Viário em Guarabira dá sinais de rompimento com ala girassol

Fato a Fato M esmo tendo sido convidado, inclusive pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), o ex-prefeito José Agostinho (Josa da Pa...



Fato a Fato

Mesmo tendo sido convidado, inclusive pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), o ex-prefeito José Agostinho (Josa da Padaria – PSB) não compareceu ao ato inaugural do Anel Viário, realizado pelo Governo do Estado em Guarabira, dando sinais de rompimento com  a ala girassol guarabirense.

Agostinho esteve com o governador na chegada à cidade, mas não foi ao ato solene. No momento dos pronunciamentos, alguns assessores do Palácio da Redenção e até o presidente do PSB local, radialista Célio Alves, fizeram várias ligações telefônicas para Josa, mas não conseguiram êxito.

Uma fonte disse, com exclusividade para a editoria de Fato@Fato, que o ex-prefeito Josa atendeu a uma das ligações e apresentou algumas desculpas para não comparecer a solenidade, inclusive mostrando-se um tanto chateado com desconfortos internos no PSB guarabirense.

A ausência de Josa da Padaria, ex-candidato a prefeito de Guarabira pelo PSB, foi muito comentada (negativamente) durante a solenidade. O governador Ricardo Coutinho também ficou sabendo do mal estar, mas não comentou nada com os assessores, conforme informou a fonte de Fato@Fato.

Falta de prestígio e fora da disputa – Quando esteve no PMDB por mais de 20 anos, Josa da Padaria foi vereador em quatro mandatos, presidente da Câmara Municipal duas vezes, disputou uma eleição de deputado estadual, esteve vice-prefeito de Guarabira nas duas gestões da ex-prefeita Fátima Paulino, assumiu a Prefeitura quatro oportunidades, esteve prefeito da cidade por 9 meses e foi candidato a prefeito com apoio do Grupo Paulino, ocasião em que obteve mais de 14 mil e quinhentos votos.

Após deixar o PMDB e se filiar ao PSB, Agostinho foi apenas candidato a prefeito em 2016, obtendo pouco mais de 5 mil votos, inclusive já sabendo que iria ser derrotado. Desde o ingresso na ala girassol, Josa atuou somente como soldado (sendo comandado), diferente do período no Grupo Paulino, quando ocupou diversas posições de prestígio. 

A fonte, que inclusive participou do ato inaugural do último sábado (22), chegou a comentar que a ausência de Josa da Padaria na inauguração do Anel Viário foi motivada por análise própria de sua situação dentro do PSB de Guarabira. Agostinho desejava participar do pleito de 2018, mas já foi avisado que não haverá possibilidade.

A cúpula do PSB local, com a pretensa candidatura de Célio Alves a deputado estadual e a possibilidade de apoio da ala girassol ao nome de Gervásio Maia para federal, tira todas as chances de Josa da Padaria participar das eleições do próximo ano.

Mesmo na condição de “maior pib eleitoral” da ala girassol guarabirense, Josa passa de protagonista (quando estava no PMDB) a mero acabo eleitoral dentro do PSB. No Grupo Paulino, por exemplo, Agostinho tinha tanta liberdade que apoiou Manoel Júnior para deputado federal, enquanto Raniery, Fátima e Roberto Paulino votaram em Veneziano Vital do Rego.

Outro fato que, possivelmente, esteja chateando Josa diz respeito a sua condição de cabo eleitoral. Na ala girassol, Agostinho está obrigado a apoiar os candidatos a estadual e federal, sem possibilidade de negociação direta. Josa tem de obedecer à Presidência do PSB.

***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários