Paraíba tem o metro quadrado mais caro do Nordeste

Por Rubens Nóbrega, Blog do Rubão, JP Apesar da construção civil no Nordeste ser uma das mais baratas do país, a Paraíba liderou os c...

Por Rubens Nóbrega, Blog do Rubão, JP

Apesar da construção civil no Nordeste ser uma das mais baratas do país, a Paraíba liderou os custos do setor no mês de maio. Enquanto na região o valor do metro quadrado foi de R$ 972,25, na Paraíba ficou em R$ 1.025,05.

Os gastos com construção civil no Nordeste cresceram 0,78% em maio, em comparação ao mês anterior. Em 12 meses, a taxa acumulada na região é de 4,9%. Tanto a mão de obra quanto a compra de materiais no Nordeste são os mais baratos do Brasil. Os nove estados nordestinos mais Minas Gerais e Espírito Santo (área de atuação do Banco do Nordeste) figuram entre os 12 com os menores índices no país.

A média nacional do custo da construção civil em maio é R$ 1.042. O valor é 0,3% maior do que o de abril e representa 4,52% a mais do que no mesmo mês de 2016. Os dados são do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), do IBGE, e o recorte regional é do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste.

pesquisa indica que a relativa apatia nas expectativas captadas no mês de maio reflete, em grande medida, o desempenho da indústria da construção no mês de abril.

Fundo Constitucional

O Banco do Nordeste é o operador do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Uma das linhas de crédito do fundo para micro e pequenas empresas da Região é o FNE MPE, para reforma, implantação, expansão, modernização e relocalização de empreendimentos. O recurso tem taxas de juros de 8,55% ao ano, bônus de adimplência de 15%, prazos de pagamento de até 12 anos, incluídos até quatro anos de carência, e pode ser acessado pelos setores industrial, agroindustrial, comercial, de turismo e de prestação de serviços.
***

#Sociedade 

Você pode gostar também

0 comentários