Polêmica desnecessária

Sobre a polêmica da torre de comunicação militar que o Governo do Estado vai instalar em Guarabira (PB):   Existem vários terrenos n...

Sobre a polêmica da torre de comunicação militar que o Governo do Estado vai instalar em Guarabira (PB): 

Existem vários terrenos no município, porém um terreno localizado no Memorial Frei Damião (foto ao lado, reproduzida da página Belezas de Guarabira) foi o escolhido por ser estrategicamente mais viável para a cobertura do serviço de radiocomunicação das forças de segurança. Ocorre que a área pertence à Prefeitura de Guarabira que, em forma de comodato, cedeu para a Igreja Católica administrar. Assim, então, para qualquer construção no local é necessário autorização da PMG e de órgão ambientais.

Em entrevista no rádio, o padre José Renato, reitor do santuário, relatou que um representante da polícia o procurou pedindo autorização para instalar a base da torre. O sacerdote não viu problema, mas deixou claro que não tinha autoridade jurídica para doar terreno, portanto recomendou que procurasse a prefeitura e o administrador diocesano, solicitando autorização.

Dias depois, ainda sem autorização, fizeram a limpeza do local. Foi quando o padre reiterou o que disse antes. Mesmo assim, a obra continuou. Ao tomar ciência de que ainda estavam construindo sem o aval do poder público municipal, o religioso ligou para o administrador diocesano, acionou o advogado da igreja, entrou em contato com a gestão e embargou a obra.

Eis, portanto, a versão do líder católico.

O projeto do Governo é interessante e beneficia Guarabira e região - visa melhorar a comunicação das forças de segurança pública da Paraíba a partir da instalação de uma torre de rádio em cidades polo. 

“O princípio básico é a comunicação”, já canta o músico paraibano Escurinho. E foi o que faltou entre Governo do Estado e Prefeitura de Guarabira: comunicação, diálogo e entendimento para evitar essa polêmica desnecessária e que o assunto virasse uma questão política.

Você pode gostar também

0 comentários