Mestre Cleonaldo vai participar de campeonato brasileiro de TKD com apoio da PMG. Confirmação se deu na tarde desta quarta, 13, após postagem no blog

Diferente do que ocorreu com o atleta  Abmael Vanderson - que não recebeu apoio da Prefeitura de Guarabira para participar  do Campeonato...

Diferente do que ocorreu com o atleta Abmael Vanderson - que não recebeu apoio da Prefeitura de Guarabira para participar do Campeonato Brasileiro 2017 de Tae Kwon Do, por ter de entregar um ofício pessoalmente ao senhor prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) e não tê-lo encontrado e feito a tempo -, o também atleta mestre Cleonaldo Martins vai participar do mesmo campeonato com apoio da PMG. O blog recebeu essa informação na tarde desta quarta-feira (13) após repercussão de postagem no Caderno de Matérias.

Mas, pelo que o blog apurou, até a publicação do post anterior, Cleonaldo não tinha recebido nenhuma confirmação da gestão municipal - embora tendo deixado ofício com ZT e sendo aliado do prefeito: a confirmação se deu, na verdade, após publicação do blog. A PMG vai contribuir com R$ 1000.

Campeonato Brasileiro 2017 é realizado pelo órgão máximo do TKD no Brasil e dá direito à seletiva fechada para formação da seleção brasileira de Tai Kwon Do, para quem vai representar o país nos próximos anos nas olimpíadas, por exemplo.

A editoria do blog insiste em registrar: em outras ocasiões, o guarabirense Joseph Washington, também praticante de artes marciais, passou por situação semelhante - de não conseguir apoio, mesmo com ofício em mãos. E este blog tornou público.

...se a entrega de ofício solicitando apoio de PMG deve ser feita pelo requerente ao próprio ZT, como Abmael relata em sua postagem no Facebook, para que serve um secretário de Esportes, então?

O secretário Humberto Santos foi procurado, mas, de acordo com o atleta AV, ele disse que isso só seria resolvido diretamente com o prefeito. Veja o que o atleta escreveu:


Boa sorte ao mestre Cleonaldo, que vai representar Guarabira, com apoio do poder público, no Brasileiro de TKD 2017. #Sociedade #Política

Você pode gostar também

0 comentários