Raniery Paulino quer debater situação do Hospital Estadual de Mamanguape na ALPB

O  deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) apresentou, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), requerimento propondo a realização d...

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) apresentou, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), requerimento propondo a realização de audiência pública na Comissão de Saúde com o objetivo de debater a situação dos serviços e funcionamento do Hospital Geral de Mamanguape (HGM). Para o debate, o parlamentar sugeriu convidar a secretária de saúde ou representante da Gestão Estadual, secretário de Saúde do município de Mamanguape, direção da unidade hospitalar, representação do Conselho Regional de Medicina e do Ministério Público, além de outras autoridades constituídas da Paraíba e entidades de classe.

O Governo Estado da Paraíba inaugurou, no ano de 2014, o HGM e divulgou gastos na ordem de 11 milhões no equipamento público que passou a contar com mais de 120 leitos, disponibilizados para internações de média complexidade, além das especialidades de obstetrícia, pediatria, clínica médica e cirurgia geral. Atendendo a população de todos os municípios da região do Vale do Mamanguape (Litoral Norte), estimada em mais 100 mil habitantes, àquela unidade hospitalar tem evitado o deslocamento de pacientes para João Pessoa e Campina Grande.

Segundo o deputado Raniery, apesar de toda essa estrutura encontrada no hospital, a população tem reclamando da demora e da qualidade do atendimento, com indícios de negligência médica a partir da morte de pacientes. Rádios locais recebem todos os dias denúncias de falhas no hospital, sobretudo da parte das pessoas que participam dos programas jornalísticos.

“A população mais do que nunca precisa da adoção de providências com celeridade. Nosso objetivo é tão somente a promoção de um debate profícuo, na expectativa de se encontrar solução para os problemas existentes naquele equipamento público de saúde”, disse o deputado Raniery. (assessoria)
***

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários