Deputados paraibanos condenam financiamento de campanha e coligações na reforma política

Click PB Os deputados estaduais da Paraíba condenaram nesta quinta-feira (5) a aprovação, ontem, em votação simbólica, o texto-base d...

Click PB

Os deputados estaduais da Paraíba condenaram nesta quinta-feira (5) a aprovação, ontem, em votação simbólica, o texto-base de um projeto sobre reforma política que trata entre outros pontos a fixação de limites de custos de campanha e o financiamento público de campanha pela Câmara dos Deputados. Para o peemedebista Raniery Paulino, se perdeu tempo para não fazer nada. 

Raniery defende um novo projeto de reforma eleitoral que possa melhorar a representatividade antes de se pensar em financiamento público.

O peemedebista também condenou o modelo permite que os partidos se juntem em coligações. “Isso é leilão”, alfinetou Paulino ao se manifestar favorável que o Supremo Tribunal Federal (STF) modifique o que foi aprovado e assuma o papel de legislar. 

Para o deputado Janduhy Carneiro, presidente do Podemos na Paraíba, os candidatos devem doar recursos próprios para suas campanhas, não esperar financiamento pelos contribuintes. 

“Cada parlamentar tem direito de doar da sua própria remuneração para ele próprio, com doações de pessoas físicas. Mas eles não fazem isso, querem que o contribuinte é que banque a campanha deles, com financiamento público”.

“Lamentavelmente o que foi aprovado ontem, R$ 1,8 bilhão, com mais R$ 1 bilhão que o contribuinte já banca também de recursos públicos para o Fundo Partidário, dá R$ 2,8 bilhões, na crise que nós estamos presenciando, precisando de recursos para a área da saúde, da educação, da segurança pública, é extremamente trises o que foi deliberado pela Câmara dos Deputados”. 
***             

#Política 

Você pode gostar também

0 comentários