Estúdios em chamas

Por Jota Alves, para o Portal 25 Horas Os bastidores dos corredores da Rádio Cultura AM-790, de Guarabira, apontam para uma crise env...

Por Jota Alves, para o Portal 25 Horas

Os bastidores dos corredores da Rádio Cultura AM-790, de Guarabira, apontam para uma crise envolvendo profissionais do microfone e o dono da emissora. João Rafael resolveu fazer “caça às bruxas” e rebaixou o radialista Rudney Araújo.

O homem das bombas no rádio, que apresentava o matutino Espaço Aberto, das 6 da matina às 9h, foi sumariamente rebocado para a condução do vespertino levado ao ar das 17h até às 19h, no mesmo canal. O Espaço Aberto está sendo apresentado pelos radialistas Martins Júnior e Evandreson Braz, que estão ‘de boa’ com o homem.

Mas até essa dança das cadeiras ocorrer, diálogos nada amistosos correram entre Rudey e João Rafael. O epicentro teria sido uma cobrança feita por Rudney de dividendos a que tem direito de comissões de vendas de comerciais feitas pelo radialista. O setor financeiro da emissora reclamou da cobrança e JR entrou no circuito e jogou gasolina.

Fontes ligadas à emissora dão conta que Rudney bateu boca com o patrão e voltou a cobrar com veemência as comissões devidas. João não gostou e resolveu penalizar o radialista fazendo a transferência para outro horário, fora do horário nobre no rádio, com objetivo de desgastar o profissional e rebaixando-o no cast da emissora.

A fonte contou que Runey chegou a dizer: “o senhor deveria me demitir, demita-me”! Mas João preferiu não dispensar o radialista e o manteve nos quadros da empresa, mesmo desprestigiado. Rudney teria uma carta na manga que fez João recuar em demitir.

Mais um

Quem também está em rota de colisão com o dono da rádio é o repórter e apresentador Edcarlo Monteiro. A fonte revelou que o carro de reportagem que Ed usava a trabalho foi retirado de seu comando e João estaria p… da vida com o moço de Sertãozinho. Edcarlo também teria uma carta na manga e continua falando na rádio.

Rudney nega discussão com João

Em contato com o editor da coluna, o radialista Rudney Araújo negou peremptoriamente que tenha travada discussão como seu chefe. De acordo com o radialista, a conversa recente que teve com João foi para pedir aumento de salário, mas que não foi nos corredores da emissora e sim no escritório do empresário.

Rudney admitiu que, de fato, existe algum atraso no pagamento de comissões, mas que não é apenas ele que está nessa condição e disse que jamais bateu boca com João. O radialista ainda desqualificou a informação obtida pela coluna através de uma fonte.

“De maneira alguma eu discutir com Seu João. Nunca discuti com ele nos corredores, nem em estúdio e em canto nenhum. A fonte que lhe passou essa informação está totalmente equivocada”, assegurou.

Em relação à mudança de horário de trabalho, o profissional de imprensa disse que estava sendo cobrado para cumprir integralmente seu horário na empresa e ele teria solicitado mudança para o final da tarde e negou que tenha se tratado de rebaixamento ou desprestígio na emissora.
***

#SintoniaFina 

Você pode gostar também

0 comentários