Disney compra parte da Fox por US$ 52 bilhões

G1 O grupo Walt Disney anunciou nesta quinta-feira (14) que comprou parte da 21st Century Fox por US$ 52,4 bilhões. A transação inc...


G1

O grupo Walt Disney anunciou nesta quinta-feira (14) que comprou parte da 21st Century Fox por US$ 52,4 bilhões. A transação inclui os estúdios de cinema e TV, redes de entretenimento a cabo e empresas internacionais de TV do magnata Rupert Murdoch.

Fox Broadcasting, Fox News, Fox Business, FS1, FS2 e Big Ten Network ficaram de fora da operação e continuam sob o controle de Murdoch.

Já as franquias como X-Men, Avatar, Simpsons, além de canais como FX Networks e National Geographic, farão parte do portfólio da Disney.

Franquia Avatar e outras passarão a fazer parte do portfólio da Disney (Foto: Divulgação)
A compra também inclui a Endemol, que é dona dos formatos de populares programas de TV, como "Big Brother", "Masterchef" e da série "Black Mirror".

Disney, Fox, Comcast e Time Warner eram parceiras no controle do serviço de streaming de vídeos Hulu, que é um concorrente da Netflix nos Estados Unidos. Com a aquisição, a Disney passa a ser controladora da plataforma.

Trata-se da 4ª maior transação da história indústria de mídia e a maior aquisição já feita pela Disney, segundo a empresa de consultoria Dealogic. Veja lista mais abaixo

Por volta das 13h (horário de Brasília), as ações da Fox subiam 2,41%, enquanto que as da Disney avançavam 0,57%.

Do que a Disney será dona:

Franquias

·                   X-Men
·                   Deadpool
·                   Avatar
·                   Titanic
·                   Planeta dos Macacos
·                   Era do Gelo
·                   The Simpsons
·                   Modern Family
·                   Homeland
·                   The Americans
·                   American Horror Story
·                   Empire
·                   This is Us

Canais e serviços

·                   FX Networks
·                   20th Century Fox Television
·                   National Geographic
·                   Fox Sports Regional Networks
·                   Fox Networks Group International
·                   Star India
·                   Serviço de streaming Hulu (controladora)
·                   Sky plc
·                   Tata Sky
·                   Endemol Shine Group

Material de divulgação para investidores mostra negócios da Disney e da Fox que estão sendo unidos na área de televisão, cinema e serviços de streaming (Foto: Divulgação)

A Disney também assumirá cerca de US$ 13,7 bilhões de dívidas do grupo no negócio, o que eleva o preço da operação para US$ 66,1 bilhões.

Acionistas da Fox irão receber 0,2745 ação da Disney por cada uma de suas ações. Isso representa um valor de US$ 29,50 por ação pelos ativos que a Disney está comprando, de acordo com cálculos da Reuters com base no preço da ação da Disney no fechamento do mercado na quarta-feira (13).

A transação ainda está sujeita a aprovações regulatórias e de seus acionistas, mas a previsão é de que o negócio seja concluído entre 12 e 18 meses.

Integração

O presidente-executivo da Disney, Bob Iger vai estender seu mandato até o final de 2021 para supervisionar a integração dos negócios da Fox. Ele já adiou sua aposentadoria da Disney três vezes. Em março, ele disse que estava empenhado em deixar a empresa em julho de 2019.

"A aquisição desta coleção estelar de empresas da 21st Century Fox reflete a crescente demanda dos consumidores por uma rica diversidade de experiências de entretenimento que são mais convincentes, acessíveis e convenientes do que nunca", disse Iger.

Robert A. Iger, CEO da Disney (à esquerda), e Rupert Murdoch, dono do 21st Century Fox, Rupert Murdoch. (Foto: Walt Disney Company)
"Estou convencido de que essa combinação, sob a liderança de Bob Iger, fará [da Disney] uma das maiores empresas do mundo", afirmou Murdoch.

Super-heróis sob o mesmo teto

A Disney já era dona do canal de esportes ESPN, Disney Channel, ABC, Pixar, Lucasfilm, Marvel e Freeform.

O negócio faz com que, a partir de agora, todos os super-heróis da Marvel fiquem sob o mesmo teto. Devido a acordos de licenciamento de uso de marca, os filmes X-Men, Deadpool e Quarteto Fantástico eram produzidos pela Fox, e não pela Disney, dona da marca Marvel. Agora, as produções desses longas se juntam às de Vingadores, Homem-Aranha, Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Pantera Negra.

Maiores aquisições do setor e da Disney

Segundo a Dealogic, as maiores transações já anunciadas pela indústria da mídia (incluindo os valores de dívidas assumidas) foram:

1.     Time Warner/American Online (2000): US$ 112,1 bilhões
2.     Time Warner/AT&T (2016): US$ 107,9 bilhões
3.     Time Warner Cable/Charter Communications (2015): US$ 87,4 bilhões
4.     Walt Disney/Twenty-First Century Fox (2017): US$ 68,1 bilhões
5.     Directv/AT&T (2014): 66,5 bilhões

Já as maiores aquisições já feitas pela Disney foram:

1.     Twenty-First Century Fox (2017): US$ 68,1 bilhões
2.     Capital Cities/ABC Inc (1995): US$ 20 bilhões
3.     Pixar (2006): US$ 7,4 bilhões
4.     Fox Family Worldwide Inc (2001): US$ 5,2 bilhões
5.     Marvel Entertainment Inc (2009): US$ 4,2 bilhões
6.     Lucasfilm Ltda (2012): US$ 4,06 bilhões

***

#Cultura #Sociedade #Economia

Você pode gostar também

0 comentários