Famup prevê caos financeiro em prefeituras caso auxílio não seja garantido pelo Governo Federal

Click PB O auxílio financeiro prometido pelo Governo Federal às prefeituras ainda não está garantido, segundo o diretor executivo da ...

Click PB

O auxílio financeiro prometido pelo Governo Federal às prefeituras ainda não está garantido, segundo o diretor executivo da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Pedro Dantas. “O tesouro nacional não sabe de nada ainda e o governo federal não editou a Medida Provisória”, lamentou Pedro em entrevista ao ClickPB.

Para que o crédito financeiro, estimado em R$ 61 milhões somente na Paraíba, possa ir para as contas das prefeituras ainda este ano, a confirmação tem que ser feita até esta quinta-feira (28). A Medida Provisória prevendo a liberação do crédito deveria ter sido feita pelo presidente Michel Temer nesta quarta-feira (27) e agora é aguardada para hoje. “A expectativa é que o presidente edite a medida provisória, mas estamos receosos”, destacou o diretor executivo da Famup.

Caso o dinheiro esperado pelas prefeituras não chegue, Pedro acredita que o fato irá gerar “um caos financeiro nas prefeituras da Paraíba”. Ele lembra que aqui no estado as prefeituras “estão precisando desse auxílio para tentar equalizar as finanças, tem município com 13º atrasado, com fornecedor atrasado”.

A Famup já antecipa que pretende realizar manifestações para pressionar o Governo Federal a cumprir com a promessa de liberação de recursos financeiros. “Nós, a Famup, vamos mobilizar todos os prefeitos para novamente traçar estratégia e fazer com que o presidente cumpra o que prometeu”, destacou Pedro Dantas.

Repasse FPM

As prefeituras paraibanas recebem nesta quinta-feira (28) a última parcela do repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor total é de R$ 59.019.378,65, valor com a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Já o valor bruto é de R$ 92.217.779,14.
***

#Política

Você pode gostar também

0 comentários