Festa da Luz 2018: Cadê os artistas do município, prefeito ZT?

A Festa da Luz cresceu, tanto que teve de mudar de local novamente. É uma festa pública. A única da cidade de Guarabira (PB). Por conse...


A Festa da Luz cresceu, tanto que teve de mudar de local novamente. É uma festa pública. A única da cidade de Guarabira (PB). Por consequência desse crescimento, eu entendo que o investimento em atrações era para ser feito tanto em artistas de maior repercussão – nacionais e regionais - quanto e, principalmente, em artistas locais.

Quantos artistas do município, afinal, estão contratados para a festa de 2018 – e, se há contratação, por que não foram anunciados no material de divulgação do evento? Adianto que o material de divulgação pode fazer parte do portfolio de um artista e servir como ‘documento comprobatório’, portanto é importante constar o nome lá.



A cidade de Guarabira tem bons nomes, gente capaz de se apresentar e representar a música local no palco popular e no palco principal da Festa da Luz. Edu Lima, por exemplo. Mas não há um nome, apenas. Há vários, além do Edu! Por que não valorizá-los?

Se não houver contratação de artistas guarabirenses, até mesmo para fazer jus a um evento realizado, sobretudo, para a população de Guarabira, a gestão do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) comete erro grave. Antes os artistas da cidade eram mais valorizados. #Política #Cultura

Você pode gostar também

0 comentários