PT diz estar em ‘estado permanente de mobilização’ por candidatura de Lula

Poder 360 O PT divulgou nota que diz que o partido está “ em estado permanente de mobilização”.  O partido reafirma sua determinaçã...


Poder 360

O PT divulgou nota que diz que o partido está “em estado permanente de mobilização”. O partido reafirma sua determinação em garantir a candidatura do ex-presidente na corrida pelo Planalto. Leia a íntegra.

“Não recuaremos diante das injustiças e perseguições a Lula, materializadas na sentença descabida e inconstitucional do TRF4 que o condenou. Muito pelo contrário, cumpriremos, cada vez mais, nosso papel histórico de defender a democracia, o povo brasileiro e a justiça social. A partir de agora estamos em estado permanente de mobilização”, afirma o texto publicado neste sábado (27.jan.2018) no site do partido.

O comunicado traz uma série de diretrizes a ser tomadas pelos grupos e militantes da sigla. Entre as 9 recomendações, estão o combate à reforma da Previdência, a mobilização por artistas e juristas e a realização de atos para defesa do ex-presidente.

“A partir da semana que vem devemos ter atos de lançamento, independente da presença de Lula, em cada canto do Brasil! Seu discurso na reunião da Comissão Executiva Nacional deve ser reprisado. É urgente reafirmarmos a candidatura do presidente Lula”, diz o texto.

A legenda também divulgou panfleto que será utilizado para defender o petista. O documento diz que Lula é “condenado sem prova” “enquanto políticos flagrados com malas de dinheiro e contas na Suíça continuam no poder”, numa menção às denúncias envolvendo o presidente Michel Temer e o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Na última 4ª feira (24.jan), Lula foi condenado em 2ª Instância e teve sua pena aumentada de 9 anos e 6 meses para 12 anos e 1 mês. Tão logo foi proferido o resultado, passou-se a especular na mídia quem seria o “plano B” do partido e substituiria Lula na corrida presidencial. Nomes do partido passaram, então, a rebater a fala, afirmando não estar sendo discutida uma outra candidatura.

A nota deste sábado volta a mostrar apoio ao Lula. Ao Poder360o deputado Carlos Zarattini (PT-SP) disse ainda que a ideia é radicalizar. “Ninguém cogita plano B no PT. Vamos caminhar para candidatar Lula. A intenção é tocar o barco. Se a mídia radicalizou, nós também vamos fazer uma radicalização. Incentivar a defesa dele, reforçar a campanha do Lula.”
***
#Política 

Você pode gostar também

0 comentários