Vídeo: E depois de Renata Arruda quem será a próxima vítima?

Blog do Helder Moura De que adiantou o governador Ricardo Coutinho e seus auxiliares usarem de tanto pirotecnia para jurar que estava...

Blog do Helder Moura

De que adiantou o governador Ricardo Coutinho e seus auxiliares usarem de tanto pirotecnia para jurar que estavam conseguindo reduzir a violência na Paraíba? Desde a divulgação de seus “índices”, a insegurança escancarou-se ainda mais no Estado. Mais homicídios, assaltos a bancos, correios, cidadãos comuns, como, a propósito, ocorreu contra a cantora Renata Arruda, recentemente. E quem será a próxima vítima?

Contra fatos, não há argumentos. Muito menos certos “números”. O governador, com sua verborragia e sua ficção, tenta brigar com a realidade e, como sabemos, a realidade é ainda mais forte que a ficção. Vá perguntar a Renata Arruda se a violência diminuiu. Vá perguntar aos moradores de dezenas de cidades que tiveram bancos explodidos se a violência diminuiu.

Não apenas não diminuiu, como claramente aumentou. Nós temos uma endemia de violência na Paraíba. Está claro. Um dado que deveria ser uma sinalização relevante para um governador que afirmou, ao criticar o então governador Zé Maranhão (em 2010), usando a costumeira bazófia, que insegurança na Paraíba era apenas questão de gestão e que resolveria tudo em seis meses. Na verdade, falta humildade e sobra arrogância. Típico comportamento coronelista.

Há exemplos históricos desse comportamento. Durante a II Guerra Mundial, na agonia final, Hitler dizia para seus comandados que estavam vencendo a guerra, mesmo quando os alemães eram mortos nas frentes de batalha. Era só marketing, o que levou ao extermínio de milhões de vidas, especialmente de jovens, que poderia ter sido evitado, caso o ditador germânico tivesse reconhecido seu fracasso, e recuado a tempo.

Lições da História que muitos não aprenderam, nem com seis meses de ficção. A propósito, não é de Paul Joseph Goebbels, ministro de Hitler, a célebre frase de que “um mentira dita repetidas vezes pode virar uma verdade”? Por aqui, essa máxima ainda não tem funcionado com a cantilena do governador de ter conseguido reduzir a violência, ditas tantas vezes.

Os fatos insistem em desmentir a falácia, todos os dias. Para azar do “ministro da propaganda” do Governo.

CONFIRA O VÍDEO DO ASSALTO A RENATA ARRUDA…



*** 
#Política 

Você pode gostar também

0 comentários