Maranhão sinaliza permanência nas oposições e está otimista: “Vamos vencer no primeiro turno”

Blog do Helder Moura O senador Zé Maranhão tirou de letra, como se diz, a polêmica de final de semana em função das duras declarações d...

Maranhão02 out2017
Blog do Helder Moura
O senador Zé Maranhão tirou de letra, como se diz, a polêmica de final de semana em função das duras declarações do governador Ricardo Coutinho. Não apenas não colocou a carapuça, como ainda comemorou o fato de estar praticamente sozinho na disputa ao Governo, após a desistência do prefeito Luciano Cartaxo, disse se manter na oposição e está convencido: “Vou ganhar no primeiro turno…”
O otimismo de Maranhão tem fundamento. Afinal, sem Cartaxo, e sem uma consolidação mais efetiva da candidatura do secretário João Azevedo (Infraestrutura), pelo menos até o momento, Maranhão trafega em céu de brigadeiro. Apesar da recente perda de substância no MDB, com as saídas dos deputados Hugo Motta (para o PRB) com o grupo Motta, de Patos, e André Amaral (para o PROS).
Segundo revelou o senador, enquanto alguns saem, outros chegam. Seriam os casos, em negociação avançada, com o deputado João Henrique e sua esposa, a ex-prefeita Edna. Ainda os deputados Guilherme Almeida e Carlos Batinga, afora o vereador Lucas de Brito. Comentários de Patos indicam ainda interesse do prefeito Dinaldinho Wanderley em dialogar sobre filiação ao partido.
“Temos um histórico a apresentar aos paraibanos, há um evidente vazio neste momento entre setores da oposição, com a saída de Cartaxo, então só temos recebido mensagens de estímulo de todo Estado à nossa candidatura. Estamos otimistas, mas com os pés no chão. Com a ajuda de Deus e do povo da Paraíba, vamos ganhar no primeiro turno”, arrematou.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários