O talento de Ranna e a falta de reconhecimento por parte de uma 'representação abaixo da média'

É lamentável que a pequena Ranna Andrade, que representou bem a cidade de Guarabira e a Paraíba no The Voice Brasil Kids, da TV Globo, n...


É lamentável que a pequena Ranna Andrade, que representou bem a cidade de Guarabira e a Paraíba no The Voice Brasil Kids, da TV Globo, não tenha sido agraciada pela Câmara de Guarabira e, sequer, recebido um ‘Voto de Aplauso’ ou uma citação honrosa na tribuna da Casa Osório de Aquino. Eu não ouvi nem vi nada sobre isso. Ainda dá tempo, vereadores!

Diferente de alguns nomes homenageados pelos vereadores guarabirenses - sem terem, de fato, o devido reconhecimento da população 'por terem prestado serviços relevantes ao município' -, Ranna fez bonito no programa e, com talento, chegou à semifinal honrando o nome de Guarabira - citado várias vezes em rede nacional.

É muito fácil propor 'voto' disso ou daquilo na Câmara de Guarabira para essa ou aquela "personalidade" - sobretudo quando é político: como quiseram aprovar voto de solidariedade ao futuro candidato do governador João Azevêdo, por ele ter sido proibido pelo TRE-PB de participar da ODE. Ora, me polpem! O voto foi reprovado.

Mas quem realmente merece reconhecimento não é visto pelo parlamento mirim da cidade - que desconhece ou finge não reconhecer grandes talentos como a jovem Ranna, que se apresentou e encantou o público da capital João Pessoa num pocket show (espatáculo interativo) no Shopping Mangabeira, na última sexta-feira (06).

Sinceramente, o legislativo guarabirense – atualmente composto, em sua maioria, por jovens vereadores – tem sido tão medíocre quanto a legislatura anterior nesse sentido. O que prevalece mesmo, durante as sessões ordinárias, são as picuinhas políticas e o ‘bla, bla, bla’ – com raras exceções. O povo está cansado de uma representação abaixo da média! #Cultura #Política #Opinião

Você pode gostar também

1 comentários

  1. As três merecem homenagem, não só de suas respectivas cidades, mas também da Paraíba, através da Assembleia legislativa.

    ResponderExcluir