Ricardo Coutinho muda regras do jornalismo e diz que entrevistado define a pauta

Ricardo Coutinho fez visita ao Hospital Metropolitano nesta quarta e concedeu entrevista coletiva à imprensa. Foto: Francisco França Po...

Ricardo Coutinho fez visita ao Hospital Metropolitano nesta quarta e concedeu entrevista coletiva à imprensa. Foto: Francisco França
Por Suetoni Souto Maior, Jornal da Paraíba
A postura do governador Ricardo Coutinho (PSB), durante entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira (4), faria ele mesmo se indignar em tempos remotos, quando ocupou os cargos de vereador e deputado estadual. Naquela época, ele estava entre os primeiros a defender a liberdade e a importância da imprensa livre. Durante visita ao Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, no entanto, ele se recusou a responder perguntas da imprensa relacionadas a temas que não fossem sobre saúde. Contestado pelo repórter da TV Cabo Branco, Danilo Alves, disse que cabia ao entrevistado dizer o que deveria ser perguntado na entrevista.
A pergunta do repórter ocorreu depois de o gestor, na entrevista, falar demoradamente sobre a instituição de saúde. Um hospital, diga-se de passagem, digno de louvor. Extremamente necessário para a população. Apesar disso, goste o governador ou não, é que dentro das democracias a imprensa representa o interesse público. Danilo Alves, de forma muito polida, expressou isso na coletiva. Ele se preparou para questionar o gestor sobre a criação, pelo Estado, de uma guarda pessoal para ex-governadores. Ricardo deverá ser o primeiro contemplado com a lei sancionada por ele mesmo. E qual foi a reação do gestor: interromper a entrevista e se recusar a falar.
Fez mais: subverteu todos os manuais de redação jornalística do mundo livre. Alegou que cabe ao entrevistado definir a pauta das perguntas. O que ele não quiser falar para a população que o elegeu não pode ser perguntado. A questão, que não chegou a ser completamente formulada, foi rebatida com outra pergunta: “é sobre saúde?” Ao ser lembrado pelo repórter que ele era o governador do Estado e não apenas da Saúde, Ricardo recorreu à seguinte resposta: “A pauta quem determina em uma entrevista é justamente o entrevistado. Eu sou o entrevistado e o governador. Se fosse sobre saúde eu teria o maior prazer de tentar lhe responder se eu souber”.
A claque que participava da solenidade apoiou o gestor com muitos aplausos. Sejam bem-vindos ao Brasil…
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários