Haddad vem preparar lançamento de Lula e terá reunião com Ricardo

Nonato Guedes, Os Guedes Ex-prefeito de São Paulo e dirigente do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad cumpre agenda na Paraíba am...

Nonato Guedes, Os Guedes
Ex-prefeito de São Paulo e dirigente do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad cumpre agenda na Paraíba amanhã dentro do cronograma nacional de lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República. O evento será realizado às 17h no Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicação do Estado (Sinttel), no centro de João Pessoa. Haddad, que é o coordenador do programa de governo da campanha de Lula presidente, também virá com a missão de se reunir com o governador Ricardo Coutinho (PSB) para colher subsídios e propostas para inserir no programa de governo petista.
Na pauta, ainda, conversações sobre a possibilidade de celebração de uma aliança entre o PT e o PSB paraibano para as eleições de outubro. O lançamento da pré-candidatura de Lula vai acontecer em todas as Capitais brasileiras até domingo, conforme revelou Jackson Macedo, presidente do diretório estadual petista, informando orientações que lhe foram repassadas pela Executiva Nacional da legenda. “Com a estratégia que está pondo em prática, o PT reafirma a pré-candidatura do presidente Lula, que deverá ser inscrita no dia 15 de agosto próximo. E vamos vencer”, assevera Macedo.
A insistência do PT em lançar a pré-candidatura de Lula, mesmo com a condenação do ex-presidente a 12 anos e 1 mês de prisão, que passou a cumprir na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, é encarada como um ato de desobediência à Lei por parte da legenda. Mas o PT, além de não dispor de um “Plano B” para a sucessão presidencial, aposta fichas na pressão popular para o registro da candidatura do ex-presidente Lula pela Justiça Eleitoral. Fernando Haddad, que perdeu a disputa pela reeleição a prefeito de São Paulo, é um dos nomes preferidos de Lula para substituí-lo no páreo presidencial, na hipótese de impugnação do ex-presidente. Por enquanto, Haddad está escalado para coordenar a pré-campanha de Lula nos Estados, devendo passar também por Pernambuco e Maranhão. O PT mira inicialmente no Nordeste devido ao prestígio de Lula e Dilma, sobretudo com a transposição das águas do rio São Francisco.
No que diz respeito ao encontro de Haddad com o governador Ricardo Coutinho, Jackson Macedo disse que não está vinculado à aliança entre os partidos, tendo em vista que a posição do PT em relação à disputa estadual somente será definida no próximo dia 21 de julho, durante encontro estadual do partido, com escolha da tática e da tese para as eleições de sete de outubro. Jackson Macedo comentou que está havendo uma retomada do sentimento de otimismo nas hostes do Partido dos Trabalhadores quanto às suas perspectivas para as eleições deste ano, a partir da confirmação do lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Lula, ainda que sujeita a um pronunciamento da Justiça Eleitoral. “A militância petista quer exorcizar o negativismo que tomou conta do partido, com os golpes e revezes sucessivos enfrentados nos últimos anos. Os petistas reerguem a cabeça para voltar ao seio do povo”, expressa o dirigente paraibano.
***
#Política

Você pode gostar também

0 comentários